Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-11-2007

    SECÇÃO: Cultura


    Ágora evocou a poesia de Miguel Torga

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    A associação cultural ermesindense Ágorarte levou a cabo no passado dia 9 de Novembro, na Sala da Lareira da Vila Beatriz, uma evocação da obra poética de Miguel Torga, do qual, recorde-se, se comemora este ano o centenário do nascimento (Adolfo Correia da Rocha, nome civil do poeta, nasceu, em Trás-os-Montes, a 15 de Agosto de 1907).

    Na sessão disseram poemas de Torga os elementos habituais da Oficina das Letras do Ágora – Álvaro Mendonça, Amílcar Mendes, António Sousa, Carlos Faria, Cláudia Almeida e ainda Filomena Martins.

    Reza o folheto entregue aos presentes pelo Ágora:

    foto
    «(...) Conclui em Coimbra, em escassos três anos, o curso liceal e cinco anos depois é médico pela Faculdade de Medicina de Coimbra.

    Todavia, há-de ser como poeta (como preferencialmente gostava que o vissem) que Torga atingirá os pináculos da fama e do reconhecimento do seu País e até de uma Europa para cuja panóplia de línguas se encontram vertidas muitas das suas mais emblemáticas produções literárias (...)» .

    Por: AVE

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.