Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-06-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-11-2007

    SECÇÃO: Cultura


    Um delicioso aperitivo para o MIT Valongo

    E eis que de repente se ouve um desmoronamento de terra. Acidental ou provocado por alguém? No interior de uma mina está um homem, um mineiro, que é atingido pelo infortúnio. Berra pelos seus companheiros de trabalho em busca de auxílio, mas nada. Soterrado, este homem inicia então uma longa caminhada para fugir ao mundo contemporâneo, e é então que começa a discriminar o homem comum, o homem sem escrúpulos, o homem intelectual, o pobre, o rico. É ao mesmo tempo um homem com medo de tudo e todos, da mãe, do pai, da mulher, da amante, do patrão, do colega, medo... do medo. É no fundo um homem dominado pelo desespero, pelo desânimo mediante o infortúnio de que foi alvo. Esta é uma pequena imagem da peça “Mineiro”, que esteve em cena na Casa de Espectáculos do Fórum Cultural de Ermesinde de 6 a 11 de Novembro, uma co-produção do ENTREtanto Teatro e da Estaca Zero Teatro, criada a partir da obra “A Cena do Ódio”, de Almada Negreiros.

    Com um cenário visualmente atraente – desde já os parabéns ao cenógrafo – a peça apresenta-nos um belo texto com contornos dramáticos criado por Júnior Sampaio, uma figura que nos tem habituado nos últimos tempos à criação e encenação de grandes peças de teatro.

    Em suma, “Mineiro” foi uma espécie de aperitivo para o grande certame cultural que decorre no Fórum Cultural de Ermesinde de 13 até 24 de Novembro e que dá pelo nome de MIT Valongo (Mostra Internacional de Teatro).

    Ficha Artística e Técnica

    Texto, Encenação e Espaço cénico

    • Júnior sampaio

    Assistente de Encenação

    • Daniela Gonçalves

    Cenografia e figurinos

    • Rui Azevedo;

    música original

    • Rui Lima e Sérgio Martins;

    desenho de luz e operação de luz e som

    • Hélder Simões;

    interpretação

    • Hugo Sousa, Carlos Gonçalves, Emanuel de Soisa, Ivone Oliveira, Jaime Pacheco, Rita Vieira, Rui Gomes, Sara Fernandes e Tânia Reis;

    imagem gráfica

    • Emanuel de Sousa;

    produção executiva

    • Amélia Carrapito, Sofia Leal [ENTRETanto Teatro],

    Ivone Oliveira, Cláudia Sousa [Estaca Zero Teatro]

    co-produção

    • ENTREtanto Teatro

    •ESTACA ZERO TEATRO

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.