Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-01-2024

    SECÇÃO: Últimas


    Município de Valongo implementa projeto de formação de líderes ao serviço da comunidade

    Fotos CMV
    Fotos CMV
    O projeto «Academia de Líderes Ubuntu» vai continuar a ser implementado nos agrupamentos de Escolas de Campo, de Ermesinde e de Valongo. «Trata-se de um projeto do Instituto Padre António Vieira (IPAV), que visa a capacitação de jovens provenientes de contextos vulneráveis ou neles disponíveis a trabalhar, com o objetivo de facilitar o seu desenvolvimento enquanto líderes ao serviço da comunidade», deu conta a Câmara de Valongo.

    A autarquia adianta ainda que «o protocolo de colaboração para a dinamização do “Projeto Escolas UBUNTU” implica um investimento de 18.000 euros e foi celebrado a 7 de fevereiro entre a Câmara Municipal de Valongo, o IPAV, o Agrupamento de Escolas de Campo, o Agrupamento de Escolas de Ermesinde e o Agrupamento de Escolas de Valongo».

    «A Educação é uma prioridade neste Município. Enquanto subscritores da Carta das Cidades Educadoras, é com muita satisfação que acolhemos nas nossas escolas a Academia de Líderes Ubuntu, pois trata-se de um projeto que respeita o princípio da formação em valores e práticas de cidadania democrática que promovam o respeito, a tolerância, a participação, a responsabilidade, o interesse pelo que é público e o comprometimento com o bem comum», considerou o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, no ato de assinatura do protocolo.

    foto

    A “Academia de Líderes Ubuntu” tem como objetivos primordiais:

    - Capacitar jovens enquanto agentes de transformação ao serviço das comunidades, promovendo o desenvolvimento integrado de competências, com enfoque nas capacidades para a liderança servidora;

    - Capacitar educadores que, demonstrando ter experiência e aptidão como formadores, reconhecendo o potencial de transformação do método Ubuntu, ajudem a disseminá-lo promovendo uma cultura de construção de pontes, onde os líderes servidores tenham um papel cada vez mais relevante;

    - Promover o diálogo entre e dentro das comunidades para a promoção da paz e construção da justiça, contribuindo para o desenvolvimento de sociedades mais inclusivas e resilientes;

    - Desenvolver uma ética do cuidado, focada na empatia, atenção e responsabilidade, considerando três dimensões: eu, eu-outro, eu-mundo.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].