Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-07-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-05-2021

    SECÇÃO: Opinião


    foto

    Problemáticas sociais – Viver sem a angústia do amanhã (parte 1)

    Este artigo recomenda inovação para conseguir reduzir angústias. O autor tem vivências diversificadas e planos e pareceres publicados. Nesta conformidade surgem interligações com dizeres do Presidente da República na televisão em meados de abril, “Já se esperou tempo demais para criminalizar o enriquecimento ilícito. Há vários caminhos possíveis” e intervenções discursivas realizadas em 25abril nas comemorações dos 47 anos da Revolução. Para este texto aconteceram impulsos positivos dos discursos do Presidente da Assembleia da República e do Presidente da República proferidos na sessão solene e do discurso do representante da Associação 25 de Abril, proferido no Rossio depois do desfile na Avenida da Liberdade.

    Para abordar o tema assumem-se valores e éticas militares; formação académica; docência universitária até 31jul2014 e atividades atuais como cuidador informal principal e membro do ministério do leitor da sua paróquia (Igreja Católica). Deste conjunto de envolvimentos passados e atuais resultam conhecimentos e competências que importa ressuscitar, atualizar e Fazer Saber, como contribuição para ajudar a melhorar o ambiente social português. Antes de algumas “Recomendações para vivências atuais e futuras” revisitaram-se passagens das aulas de Economia e de Motivação e Liderança ministradas em cursos de licenciatura em “Ciências da Comunicação e da Cultura” e “Informática”.

    Motivação e Liderança

    A liderança também se aprende, não nasce com as pessoas, importa adquirir competências que permitam praticar diversos tipos a partir da identificação de aspetos e caraterísticas. Distinguir pontos fortes e fracos em cada situação e construir respostas adaptativas em contextos diversificados, permitem adquirir competências para atuar (viver) com motivação para enfrentar situações complexas. A teoria situacional é o modelo de liderança mais utilizado, mas existem outros com estilo (modo) para influenciar, sensibilizar em termos de mudanças de comportamento. A transparência do comportamento do líder é avaliada pela maior ou menor coincidência entre a percepção própria e a dos outros.

    A gestão de competências recomenda que partilhar sem disposição para aprender e alterar comportamentos tem reduzido interesse. A vida é a melhor Escola de Gestão de Competências. O nível superior de liderança é um processo. Quando se lidera a nível superior a filosofia abrange o desenvolvimento das pessoas (clientes e colaboradores) e dos resultados a curto, médio e longo prazo. A experiência deve ser avaliada para se transmitir com êxito, tendo neste aspeto interesse os pormenores, por exemplo, reunião antes da Reunião, assunção de outros processos, valorização dos aspetos relacionais e posicionais, supervisão e controlo.

    foto

    Caminhada para

    economia

    comportamental

    - Mundo

    económico

    da globalização

    [Prémio Nobel da Economia – Amartya Sen, (liberdade, democracia e eficiência)].

    O mundo económico da globalização (utilização instrumental de Informação, Comunicação e processamento automático de dados em tempo real – TIC) na caminhada para economia comportamental, necessita de novos paradigmas. Aqui situam-se ações de lóbi e recomendações de prémios Nobel da Economia que têm sido esquecidos: Amartya Sen (1988), liberdade, democracia e eficiência; Akerlof, Spence e Stiglitz (2001), informação assimétrica – o segredo não é mais a alma do negócio; Smith e Daniel Kahneman (2002), valorização da incerteza; Thomas Schelling e Robert Aumann (2005), decisão interativa e Paul Krugman (2008), geografia económica, há almoços grátis.

    O ambiente económico atual está envolvido em pandemia, mas em termos de preparar o futuro importa referir as vivências anteriores (2019). Nessa altura já havia crise financeira e económica e se não houvesse mudanças rápidas chegávamos à crise social. A turbulência financeira que se tinha iniciado em 2008 recomendava o desenvolvimento da globalização com base nas performances mundiais no âmbito das TIC, estudando e pondo em prática as teorias dos Prémio Nobel referidos, que hoje ainda mais se recomenda na preparação do futuro. Na sociedade global importa caminhar, podendo haver dor, para se desenvolver nova economia – economia comportamental – relevando a ética e o bom-senso. Aqui aparece dor por se exigir penalização e anulação do paradigma que dominou a economia: avareza, inveja e ganância. As considerações sobre o mundo económico de ontem, hoje e amanhã, exigem transparência nas relações entre políticos e economias e a diminuição do secretismo e da opacidade.

    Agora (2021) importa ir preparando mudanças podendo haver dor ao partilhar poderes com a chegada ao protagonismo no mundo económico de jovens e mulheres, com novas ideias e outro comportamento. Inovação também pode acontecer com a chegada de pessoas senior em tarefas de assessoria, norteadas por ética e valores. As pessoas idosas, em processo de Longevidade, valorizam o ambiente, traçando e cumprindo novas regras e considerando (valorizando) económica e socialmente os países emergentes. Os BRIC iniciais agora deviam ser BRIICAAMAST (Brasil, Rússia, Índia, Indonésia, China, Angola, Argentina, México, África do Sul e Turquia). Outro aspeto com influência na economia que está a sofrer desgaste e adiamento é a consolidação da União Europeia. Agora, já tendo saído o Reino Unido, é urgente integrar todos os países da UE no €uro, acelerar a entrada da Turquia na União e caminhar com rapidez para Federalismo e Forças Armadas Comuns.

    Recomendações

    para vivências

    atuais e futuras

    (Algumas exigem dor na aplicação)

    Neste conjunto de sugestões para além de aspetos gerais de Abril, onde se incluem algumas recomendações, salientam-se áreas prioritárias de envolvimento: mundo militar (Segurança e Defesa); dinâmica escolar (Formação Académica); ambiente religioso (Igreja Católica) e vivência familiar (Cuidador Informal Principal).

    Aspetos gerais

    de Abril

    A motivação para escrever este texto recebeu impulsos positivos, em 25 de abril de 2021, a partir dos discursos do Presidente da Assembleia da República e do Presidente da República proferidos na sessão solene e da intervenção do representante da Comissão Promotora do Desfile realizada no Rossio depois do desfile na Avenida da Liberdade, apresentada por um Capitão de Abril, de todas as horas, indicado pela Associação 25 de Abril.

    (...)

    leia este artigo na íntegra na edição impressa.

    Nota: Desde há algum tempo que o jornal "A Voz de Ermesinde" permite aos seus leitores a opção pela edição digital do jornal. Trata-se de uma opção bastante mais acessível, 6,00 euros por ano, o que dá direito a receber, pontualmente, via e-mail a edição completa (igual à edição impressa, página a página, e diferente do jornal online) em formato PDF. Se esta for a sua escolha, efetue o pagamento (de acordo com as mesmas orientações existentes na assinatura do jornal impresso) e envie para o nosso endereço eletrónico (avozdeermesinde@gmail.com) o nome, o NIF e o seu endereço eletrónico para lhe serem enviadas ao longo do ano, por e-mail, as 12 edições do jornal em PDF.

    Mas se preferir a edição em papel receba comodamente o Jornal em sua casa pelo período de 1 ano (12 números) pela quantia de 12,00 euros.

    Em ambos os casos o NIB para a transferência é o seguinte: 0036 0090 99100069476 62

    Posteriormente deverá enviar para o nosso endereço eletrónico (avozdeermesinde@gmail.com) o comprovativo de pagamento, o seu nome, a sua morada e o NIF.

    (continua)

    António Pena*

    *Coronel do Exército (TecnManTm), situação de reforma (85 anos); licenciado em Comunicação Social, mestre e doutorado em Ciências da Comunicação (FCSH/UNL – out1988 a jan2006); membro emérito do CICANT/ULHT. Agradecemos esta colaboração em exclusivo para o jornal “A Voz de Ermesinde”.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.