Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-04-2020

    SECÇÃO: Últimas


    foto

    José Manuel Ribeiro pediu ajuda à comissão do Ambiente, Energia e Ordenamento do Território para encerrar aterro de Sobrado

    José Manuel Ribeiro, presidente da Câmara Municipal de Valongo, pediu ontem (13 de maio) ajuda à comissão do Ambiente, Energia e Ordenamento do Território o encerramento do aterro de Sobrado, cujas licenças ambientais e de exploração foram renovadas em 2017/18 pelo Ministério do Ambiente.

    De acordo com a agência Lusa, José Manuel Ribeiro participou por videoconferência «na audição parlamentar daquela comissão sobre o aterro da Recivalongo, no concelho de Valongo, onde respondeu a questões colocadas pelos deputados Paulo Leitão (PSD), Maria Manuel Rola (BE), Diana Ferreira (PCP), Joana Bento (PS), João Gonçalves (CDS), Mariana Silva (Verdes) e da deputada não inscrita Joacine Katar Moreira.

    Nesta audição o autarca pediu à comissão parlamentar ajuda para "o encerramento do aterro [da Recivalongo] que foi mal licenciado e que viu as suas licenças ambientais e de exploração renovadas em 2017/2018 pelo Ministério do Ambiente", precisando que isso aconteceu "mesmo depois da oposição do município e de provas de contaminação das águas”.

    O autarca desafiou os deputados "a investigar este processo muito estranho de renovação das licenças de exploração e ambientais que no fundo permitem que tudo continue na mesma".

    Defendendo que as "entidades públicas de fiscalização devem ter tolerância zero para com este operador, fazendo contra-análises", José Manuel Ribeiro fez também a defesa de "uma profunda revisão da legislação que regula o setor" bem como um "debate público nacional, transparente, e com o envolvimento de todos os interessados".

    O autarca considerou que o aterro fez um percurso de "ilegalidades que vem desde 2007" e denunciou que "a empresa voltou a transgredir em março deste ano, em pleno período de pandemia, mantendo o aterro a descoberto", lembrando o alerta também feito pela associação ambientalista Jornada Principal (AJP).

    Rotulando de "buraco negro" o aterro da Recivalongo e considerando que a Comissão de Acompanhamento criada pela avaliar a atividade apenas disse à empresa gestora do aterro que "cumpram lá a lei se faz favor", José Manuel Ribeiro assinalou que "as crianças das escolas de Sobrado há dias em que não vêm brincar cá para fora".

    foto
    .

     

    Outras Notícias

    · Dois homens detidos na Avenida Eng. Duarte Pacheco por furto no interior de viatura e falsificação de matrícula
    · Biblioteca Municipal de Valongo premiou os 10 leitores que mais livros requisitaram no último ano
    · Bibliotecas de Valongo retomam serviço de empréstimo domiciliário
    · Cemitérios de Ermesinde reabrem na segunda-feira (11 de maio)
    · “Lancheiras Saudáveis” chegam a casa de 65 utentes do Centro Social e Paroquial de Alfena
    · Desmantelada pela GNR rede de tráfico de droga que operava no Porto e em Valongo
    · O Parque Aventura Lipor celebra 10 anos de História
    · Espaço do Cidadão da Gandra reabre dia 11 de maio
    · Utentes do Centro Social e Paroquial de Alfena já começaram a receber as "Lancheiras Saudáveis"
    · Jovem basquetebolista do CPN atropelada e projetada da Ponte da Palmilheira de uma altura de nove metros para alinha férrea
    · Mais de 700 alunos de Valongo escreveram ao Ministro do Ambiente manifestando-se contra o aterro de Sobrado
    · Sobrado "acordou" vestida de negro em forma de protesto contra o aterro
    · Câmara de Valongo aprova contas de 2019
    · Câmara lança concurso público para requalificação da Escola Básica de Vallis Longus
    · PSP deteve dois homens por furto a supermercado no Porto. Um dos detidos é de Valongo
    · Autarca de Valongo acusa a atual administração da TAP de voltar ao passado e encarar o Aeroporto do Porto como um apeadeiro
    · Câmara de Valongo isenta cafés e restaurantes de taxas relativas às esplanadas

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.