Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-04-2020

    SECÇÃO: Destaque


    EVOLUÇÃO DA COVID-19 NO CONCELHO DE VALONGO

    Ermesinde é a freguesia menos infetada do município

    foto
    Conforme se pode ver no gráfico, que foi feito com base nos dados que “A Voz de Ermesinde” tem vindo a divulgar, de forma mais ou menos regular, na sua página do facebook, relativamente ao evoluir do n.º de infetados no município de Valongo, desde 24 de março até 21 de abril (data em que foi escrito este artigo), o ritmo de crescimento não é o mesmo ao logo de todo o período. Foi mais intenso de 24 de março a 1 de abril, passando de 65 para 275 (mais de 400% em cerca de uma semana); a seguir, houve um ritmo de crescimento, menor mas ainda assinalável, de 2 para 10 de abril (cerca de 170%) também num período semelhante; finalmente, de 13 para 21 de abril, durante os últimos 8 dias, passou de 491 para 592 (cerca de 20%), o que representa de facto, um achatamento da curva evolutiva e augura melhores dias, nos próximos tempos.

    Claro que o significado dos números é mais rigoroso quando correlacionado com a respetiva população. Assim, em 24 de março, feitas as contas com os dados então conhecidos, para o Grande Porto, permitiram-nos estas conclusões: 1.º, o município da Maia, com 0,077% da sua população infetada; 2.º, Valongo, com 0,065%; 3.º, Porto, com 0,053%; e 4.º, Gaia, com 0,022% da sua população infetada. A 27 de março tendo em consideração a população de alguns dos municípios do Grande Porto, a ordem já era a seguinte: 1.º, Porto, com 0,133% da sua população infetada; 2.º, Maia, com 0,126%; 3.º, Valongo, com 0,108%; 4.º, Gaia, com 0,086%; e 5.º, Gondomar, com 0,085% da sua população infetada. Em 13 de abril, se tivermos em conta a população de cada um destes concelhos, a ordem passou a ser esta: 1.º, Valongo (0,49% da sua população infetada); 2.º, Maia (0,44%); 3.º, Gondomar (0,40%); 4.º, Porto (0,38%); e 5.º, Gaia (0,27%). Finalmente, tendo em consideração os últimos dados conhecidos (21 de abril) o rácio de cada concelho do Grande Porto é o seguinte: 1.º, Valongo (0,59% da sua população infetada); 2.º, Maia (0,54%); 3.º, Matosinhos (0,50%); 4.º, Gondomar (0,49%); 5.º, Porto (0,45%); e 6.º, Gaia (0,35%).

    Dentro do concelho de Valongo os dados que conseguimos apurar junto de fontes fidedignas, tendo em conta a população residente em cada freguesia, correspondem ao seguinte rácio: 1.º, Alfena (1,03% da sua população infetada); 2.º, Campo/Sobrado (0,93%); 3.º, Valongo (0,62%); e 4.º, Ermesinde (0,54%). Em termos de vítimas mortais por Covid19 na nossa cidade, estavam contabilizados, até 19 de abril, 6 pessoas.

    A nível de Portugal há 21 379 infetados (12 806, no norte), 762 mortos (441, no norte) e 917 casos recuperados.

    A nível mundial, os dados divulgados indicam mais de 2 milhões e meio de infetados e mais de 170 mil mortos, cabendo os 3 primeiros lugares aos Estados Unidos (com mais de 800 mil infetados e mais de 44 mil mortos), à Espanha (com mais de 200 mil infetados e mais de 20 mil mortos) e à Itália (com mais de 180 mil infetados e mais 24 mil mortos).

    Pub
    Pub
    .

    Por: Manuel Augusto Dias

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.