Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2020
Jornal Online

SECÇÃO: Destaque


REUNIÃO DA JUNTA DE FREGUESIA DE ERMESINDE

Preocupação e prevenção face ao coronavírus dominaram sessão onde requalificação do espaço da feira e do mercado foi abordada

foto
Foi uma reunião pública breve, dominada pela preocupação e prevenção em torno do assunto que por estes dias concentra atenções: o coronavírus. Reunido na noite de 11 de março último, o Executivo da Junta trouxe para cima da mesa este tema, e logo no período destinado às informações prestadas pelo presidente, João Morgado, tendo este informado, ou relembrado, sobre o cancelamento dos eventos/atividades público(a)s que a autarquia tinha em agenda como medida de prevenção e contenção do Covid-19 (coronavírus). Mais à frente na reunião, já no período de depois da Ordem do Dia, o autarca deu conta do Plano de Contingência da Junta para o Covid-19, documento que seria aprovado por unanimidade pelos membros do Executivo. E foi já no período de encerramento da sessão que João Morgado abordou novamente o tema, para expressar, por um lado, a preocupação para o que se está a passar um pouco por todo o Mundo devido a esta pandemia, um problema que na sua voz é de extrema gravidade, opinando que o país possa não estar preparado para responder à magnitude que a epidemia possa vir a atingir no futuro próximo. Mas por outro lado, apelou à população para manter a calma, e acima de tudo ter esperança de que em breve tudo irá passar.

Mas nem tudo nesta sessão pública de março se restringiu ao tema da pandemia. No período inicial da sessão o presidente da Junta deu conta de que naquele mesmo dia havia tido uma reunião com técnicos da Câmara Municipal de Valongo (CMV), que manifestaram à JFE a intenção de que seja iniciada o mais rápido possível a requalificação do espaço da feira e do edifício do mercado de Ermesinde.

Posto o período de informações, João Morgado passou a palavra ao público, tendo o freguês Marco António intervindo para levantar uma ou outra questão e sugestões. Uma dessas sugestões prendeu-se com a necessidade de colocar um bebedouro na zona que fica atrás do edifício da Vila Beatriz, onde existem alguns aparelhos de manutenção, local que é frequentado habitualmente por muitos cidadãos que ali praticam exercício físico. Outra questão aludiu à ausência do toldo que existia no jardim que se situa na zona pedonal da Rua 5 de Outubro, em frente ao Centro Comercial de Ermesinde, querendo o freguês saber o porquê de o referido toldo ter sido dali retirado.

Nas respostas a esta intervenção, o presidente da JFE começaria por dizer que relativamente à questão da colocação do bebedouro na Vila Beatriz iria fazer chegar a sugestão à CMV, a entidade que tutela o espaço. No que dizia respeito ao segundo assunto, explicou que todos os toldos que foram ali colocados rasgaram devido ao mau tempo, informando que a Câmara entende que naquela estrutura é complicado, precisamente por causa das intempéries, manter os toldos, ficando dessa forma decidido que os mesmos voltarão a ser recolocados na primavera.

Entrados no Período da Ordem do Dia destaque para a aprovação unânime das deliberações relativamente à Romaria da Santa Rita e dos concursos de cartazes e poesias sobre o 25 de Abril. Relativamente à primeira deliberação, João Morgado deu conta dos procedimentos (entre outros, quais as taxas a cobrar aos vendedores/feirantes, deliberar as zonas que esses vendedores/feirantes irão ocupar, quais as artérias que estarão nessa altura encerradas ao trânsito, etc) a adotar pela Junta para a realização da romaria que irá ter lugar entre os dias 11 e 15 de junho.

No que concerne aos concursos de cartazes e de poesia sobre o 25 de Abril, foram igualmente deliberadas as normas para os interessados em participar nesta atividade que a Junta anualmente leva a cabo e que é integrada no programa de comemorações da Revolução de Abril. Com estes concursos pretende-se apelar à participação de toda a população de Ermesinde com o intuito de promover a criatividade e vincando valores como a democracia e cidadania, conforme explicou o presidente. Os concursos serão divididos em quatro escalões, nomeadamente escalão A (até 11 anos), B (entre os 12 e os 15 anos ), escalão C (entre os 16 e os 18 anos) e escalão D (mais de 19 anos), sendo que a autoria dos trabalhos é individual e estes devem ser identificados no verso com um pseudónimo, enviados em formato A3, A2 ou A1 com orientação vertical, e entregues na JFE com o nome, morada, data de nascimento, contacto telefónico e respetivo pseudónimo até às 17H00 do próximo dia 20 de abril, sendo que os interessados também poderão enviar os trabalhos por carta registada até à data estipulada. À semelhança de anos anteriores, os vencedores serão divulgados, e premiados, na sessão solene do 25 de Abril que a Junta leva a cabo.

Por: MB

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.