Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2019
Jornal Online

SECÇÃO: Desporto


FUTEBOL

Entrada a meio gás na nova época

foto
Arrancou no passado dia 1 de setembro o Campeonato da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto referente à época 2019/20. Inserido na Série 1 da referida prova está o Ermesinde 1936, que nas quatro jornadas realizadas (até à hora do fecho desta edição) contabilizava uma vitória, dois empates e uma derrota. Face a esta conjugação de resultados o principal conjunto ermesindista ocupa a 11.ª posição, com 5 pontos, menos cinco que o líder Maia Lidador. No encontro mais recente – alusivo à 4ª. jornada –, disputado no dia 22, a turma da nossa Cidade viajou até à Senhora da Hora onde aí defrontou o Padroense. Aos 12 minutos Estebaínha adiantou os homens de Padrão da Légua – que atuaram em campo emprestado – no marcador, mas ainda antes do intervalo o brasileiro Beré restabeleceu a igualdade que se iria manter até final.

Neste jogo o Ermesinde 1936 alinhou com: Sérgio Carneiro; Daniel Félix, Machado, Pedro Castro e Pantir; João Lindo, Deco e João Fernandes; Rafael Lopes, Ricardo Coelho e Beré. Treinador: Jorge Lopes.

PRIMEIRA VITÓRIA DA ÉPOCA

Uma semana antes, mais concretamente no dia 15, o Ermesinde 1936 recebeu e venceu por 2-1 o Nogueirense. Neste segundo jogo em casa os ermesindistas alcançaram a primeira vitória na nova temporada. Um triunfo que não foi fácil, apesar do adversário ainda não ter somado qualquer ponto neste campeonato. A primeira oportunidade coube precisamente ao Nogueirense, por intermédio de Pêra, que aos 10 minutos rematou à baliza do Ermesinde 1936, fazendo a bola passar bem junto ao poste direito da baliza defendida por Sérgio. O Ermesinde 1936 reagiu e sete minutos depois usufruiu de uma grande oportunidade, mas o guardião Lino defendeu bem. Contudo, ainda antes do intervalo a equipa visitante chegaria ao golo por intermédio do defesa João Pinto, que acompanhou bem o ataque pelo lado direito e conseguiu rematar com êxito.

Pouco depois do reatamento o Nogueirense ainda ameaçou, Grade atirou à barra da baliza de Sérgio Carneiro (minuto 52), mas seria o Ermesinde 1936 a conseguir dar a volta ao resultado com dois golos, o primeiro marcado pela dupla acabada de entrar, Ricardo Coelho correspondeu muito bem a uma excelente assistência de Beré e estava feito o empate. Já quase no fim da partida o Ermesinde 1936 beneficiou de uma grande penalidade que Deco converteu no golo da vitória. Os ermesindistas alinharam com: Sérgio Carneiro; Daniel, Pedro Castro, Bruno e Pantir; Átila (João Lindo, 61), Herdeiro (Ricardo Coelho, 71) e Marco (Fernandes, 45); João Neto (Rafa, 45), Deco e Quim (Beré, 71). Treinador: Jorge Lopes.

PONTINHO EM S. MAMEDE DE INFESTA

No dia 8 de setembro, no Parque de Jogos Manuel Ramos, em São Mamede de Infesta, o Ermesinde 1936 defrontou a equipa local em jogo a contar para a 2.ª ronda da Divisão de Elite. Os ermesindistas que vinham de um falso arranque diante do Canidelo alcançaram então o primeiro ponto da época, fruto de uma igualdade a uma bola. Ambos os golos foram apontados na reta final do encontro, o primeiro para o Infesta, aos 80 minutos, por intermédio de João Rodrigues, e o segundo dois minutos volvidos por João Lindo para o Ermesinde 1936, clube que alinhou com: Sérgio Carneiro; Daniel Félix, Pedro Castro, Bruno e Pantir; Átila (Fernandes, 76), Deco e Marco Cardoso (João Lindo, 65); Rafael Lopes, João Neto (Quim, 65) e Herdeiro (Ricardo Coelho, 76). Treinador: Jorge Lopes.

PARTIDA EM FALSO

No primeiro dia de setembro arrancou a nova temporada do futebol distrital, tendo na ronda inaugural o Ermesinde 1936 recebido o Canidelo, duelo (na imagem) que se saldou por uma derrota por 0-3. Logo aos sete minutos a equipa da casa sofreu um golo da autoria de Vitinha, jogador que muito bem colocado junto à grande área rematou certeiro para o fundo da baliza à guarda de Sérgio Carneiro. O clube da nossa Cidade evidenciou bastantes dificuldades para contrariar a tendência ofensiva do adversário. E a situação ainda ficou mais complicada com a saída por lesão do capitão Quim, aos 25 minutos. No reatamento o Canidelo continuou forte, Oliveira marcou aos 49 minutos mas o árbitro anulou por fora de jogo. Três minutos depois, uma grande penalidade contra o Ermesinde 1936 foi concretizada por Matheus, que seria ainda o autor do terceiro golo, aos 65 minutos, aproveitando uma falha na defesa local.

Neste primeiro jogo oficial o Ermesinde 1936 jogou com: Sérgio Carneiro; Daniel, Machado, Pedro Castro e Pantir; Átila (Marco Cardoso, 61), Fernandes (75) e João Neto (Herdeiro, 45); Quim (Ricardo Coelho, 25), Rafael Lopes e Deco. Treinador: Jorge Lopes. MAD/AVE

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.