Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-04-2006

    SECÇÃO: Destaque


    Artur Borges saúda o seu antecessor, P.e Lino Maia. Alberto Carvalho, do CSE, foi eleito para a nova Direcção. Foto MANUEL VALDREZ
    Artur Borges saúda o seu antecessor, P.e Lino Maia. Alberto Carvalho, do CSE, foi eleito para a nova Direcção. Foto MANUEL VALDREZ
    NOTÍCIAS DO CENTRO SOCIAL

    Novos corpos sociais da UDIPSS-Porto já tomaram posse

    Em cerimónia que decorreu no passado dia 7 de Abril, na sede da União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social do (UDIPSS) – Porto, tomaram posse os novos corpos sociais recentemente eleitos (em lista única).

    Durante o acto, o novo presidente da Direcção, Artur Borges, anunciou as linhas-mestras que se propõe seguir no exercício do mandato.

    Almeida e Sousa, presidente da Mesa da Assembleia Geral reconduzido e Henrique Queirós Rodrigues, mandatário da lista única, dirigiram o acto da tomada de posse dos novos corpos sociais da UDIPSS-Porto, tendo apenas o primeiro usado brevemente da palavra, na defesa da honra das IPSS («fazemos um milhão de vezes melhor que o Estado, com os poucos meios que nos dão», e no elogio a Lino Maia (que antes tinha sido igualmente proferido por Artur Borges) «pelo apaziguamento e valorização» trazida à instituição.

    O momento mais importante da cerimónia terá sido, ainda assim, o discurso de tomada de posse de Artur Borges, que manifestou o peso da responsabilidade de suceder ao padre Lino Maia – agora presidente da CNIS, que por sua vez sucede aí ao também padre Francisco Crespo –, cuja Direcção fez as IPSSs ganharem outra dimensão. Artur Borges referiu, a título de exemplo, os acordos firmados com 18 câmaras municipais do distrito. Aprofundar o diálogo com as instituições, dotar as IPSSs de meios de sustentabilidade, fazer com que estas aprofundem os laços com as comunidades locais e sejam nelas agentes de desenvolvimento, foram algumas das pistas lançadas por Artur Borges.

    O novo presidente da UDIPSS-Porto defendeu também a necessidade de uma maior qualificação nos quadros das IPSSs e a sua modernização. Um dos projectos apontados é o de ligar em rede todas as IPSS e fazer uma aposta significativa nas novas tecnologias.

    Defendeu também o intercâmbio com outras instituições, a começar pela CNIS (Confederação Nacional de Instituições de Solidariedade), e fez o elogio da comunicação social local, com quem devem estreitar-se relações, mas que deve ser apoiada e respeitada.

    Lino Maia, em declarações finais a “A Voz de Ermesinde” prometeu seguir e apoiar no que puder, a UDIPSS- Porto

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.