Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-12-2021
Jornal Online

SECÇÃO: Destaque


Dr. Fernando Faria Sampaio faleceu há 20 anos

foto
A Câmara Municipal de Valongo lembrou os 20 anos do falecimento do Dr. Fernando Faria Sampaio, cumpridos no passado dia 21 de dezembro, com uma pequena cerimónia junto do edifício com o seu nome, sito na Rua Aldeia dos Lavradores, onde funciona a Loja do Cidadão, a Universidade Sénior de Ermesinde, o Centro de Cidadania Digital, a Academia Lipor e alguns serviços do município.

Para além do presidente da Câmara, José Manuel Ribeiro, estiveram presentes os familiares do Dr. Faria Sampaio (filha, genro e netos), o presidente da Junta de Freguesia de Ermesinde, João Morgado e vários amigos do médico que foi uma personalidade de reconhecido mérito que os ermesindenses não esquecem. Na ocasião foram descerradas as letras identificativas do “Edifício Administrativo Faria Sampaio”, nome que na altura de “batizar” este novo edifício foi proposto precisamente pelo atual presidente da Câmara.

Já no número anterior de “A Voz de Ermesinde” lembrámos, na rubrica “Vamos Falar de Associativismo” a figura ímpar de Fernando Faria Sampaio. Hoje recordamos alguns aspetos de que aí não se fez menção, ou foi muito breve.

Em termos associativos, permitam-nos que destaquemos a sua ligação ao Centro Social de Ermesinde: foi seu presidente da Assembleia Geral (quase até à data da sua morte), mas exerceu, também, os cargos de vice-presidente da Direção, entre 1991 e 1993, e presidente da Direção, entre 1994 e 1996.

Foto CMV
Foto CMV
Fernando António Vaz de Faria Sampaio nasceu no Porto (freguesia do Bonfim), no dia 15 de outubro de 1935, mas veio residir para Ermesinde com apenas 2 anos de idade. Frequentou a Escola Primária em Ermesinde, o Curso Liceal no Colégio de Rio Tinto e, mais tarde, nos Colégios João de Deus e Portuense.

Licenciado em Medicina, pela Universidade do Porto, concluiu em 1982, a Especialidade conjunta de Obstetrícia e Ginecologia, no Hospital de S. João.

Na sua vida profissional e social, revelou sempre elevadas qualidades, competência e dedicação, tanto no desempenho de cargos de carácter político e profissional, como nos de carácter recreativo e cultural, humanitário ou desportivo. O Dr. Sampaio foi, de facto, uma figura admirada nesta cidade, pela sua maneira de ser, e pela forma como se envolvia em tudo aquilo que contribuísse para o bem-estar dos ermesindenses e das suas coletividades e instituições.

Em termos políticos, participou ativamente, desde 1958, em todas as campanhas eleitorais realizadas durante a Ditadura, nomeadamente na candidatura do General Humberto Delgado, integrando a respetiva Comissão Executiva de Valongo. Depois do 25 de Abril, foi vereador da Câmara Municipal de Valongo (janeiro de 1977 a setembro de 1983); membro da Assembleia Municipal de Valongo (de janeiro de 1986 a dezembro de 1989, e de janeiro de 1994 a julho de 1996, sendo novamente eleito em 1997); e membro do Executivo da Junta da Freguesia de Ermesinde (de outubro de 1990 a janeiro de 1994). Foi candidato a deputado à Assembleia da República nas Eleições Legislativas de dezembro de 1979, e foi membro da Comissão Concelhia de Valongo do PCP e da Comissão Coordenadora da CDU.

Por: Manuel Augusto Dias

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.