Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-09-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-07-2021

    SECÇÃO: Destaque


    ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2021 - CANDIDATURA DO PARTIDO SOCIALISTA (PS)

    Continuar a profunda mudança no Concelho de Valongo

    JOSÉ MANUEL RIBEIRO
    JOSÉ MANUEL RIBEIRO
    O Partido Socialista de Valongo apresenta-se nestas eleições autárquicas de 2021, em todas as candidaturas (Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesia) fiel à sua forma de governar totalmente transparente e voltada para servir as pessoas e trazer mais esperança e orgulho a toda a nossa comunidade em Alfena, Campo, Ermesinde, Sobrado e Valongo.

    Fruto da gestão rigorosa que o Partido Socialista tem mantido na Câmara Municipal desde 2013, vamos manter o combate à pandemia, em medidas de prevenção e de apoio socioeconómico aos mais carenciados, no apoio às IPSS, para além dos Centros de Vacinação Rápida de Ermesinde e de Valongo, assegurando as respostas necessárias a toda a comunidade, sem comprometer o futuro e o investimento na qualidade de vida.

    Nesse sentido propomo-nos continuar a profunda mudança iniciada em outubro de 2013 no concelho de Valongo e em todas as 5 freguesias, designadamente ao nível de 5 áreas fundamentais:

    MANTER A EDUCAÇÃO, A CULTURA E A AÇÃO SOCIAL COMO PRIORITÁRIAS NA GOVERNAÇÃO

    - Continuar o forte investimento nos espaços e equipamentos municipais;

    - Depois da remoção de todo o fibrocimento em todas as escolas do concelho vamos concluir a requalificação da Escola EB2.3 Vallis Longus e avançar com a requalificação da Escola Secundária de Valongo. Estas duas escolas, juntamente com a Secundária de Ermesinde, estiveram mais de 20 anos à espera de investimento público;

    - Vamos continuar o investimento na requalificação das escolas do 1º ciclo, da responsabilidade da Autarquia;

    - Continuar o investimento estratégico nas escolas do concelho, no seguimento do já realizado no 1º ciclo, (Salas de Aula do Futuro, Parques Infantis, espaço de recreio, bibliotecas escolares, combate ao insucesso escolar - MaisVal, Férias Escolares – Tok’a Mexer) e vários programas educativos disponibilizados às escolas, alargando-o ao Básico e Secundário;

    - Continuar a apostar na qualidade dos serviços educativos de prolongamento de horário das crianças do Pré-escolar e 1º ciclo para o apoio às famílias;

    - Reforçar os diversos programas de inovação social como o ASA - Acreditamos em Séniores Ativos com o empréstimo de tablets e capacitação digital, bem como o OTL especial@rte / Casa do Xisto para portadores de deficiência;

    - Reforçar o Fundo de Emergência Social e o apoio às IPSS - Continuar a aposta nos programas de estímulo à leitura como o Programa “Ler Não Custa Nada”, o Festival de Literatura Infantojuvenil Onomatopeia, o Manifestum a Arte de Dizer e a Mostra de Teatro Escolar;

    - Continuar a apoiar a Cultura e o Teatro, bem como o Associativismo.

    MANTER BOAS CONTAS E UMA GOVERNAÇÃO ÀS CLARAS E TRANSPARENTE

    - Manter os melhores prazos médios de pagamento de toda a região (1 ou 2 dias) a todos os fornecedores e a todas as instituições dependentes do município, pois não é aceitável voltar ao antigamente quando se pagava a quase 200 dias, em média;

    - Continuar o esforço de redução da brutal dívida de quase 60 milhões de Euros que recebemos da anterior gestão do PSD/CDS, e que já foi reduzida em 55% (menos 30 milhões de Euros);

    - Continuar a ser uma das Câmaras Municipais mais transparente de Portugal - atualmente estamos no 2º lugar nacional na Transparência Municipal do Ranking Dyntra; - Continuar a prestar Contas à população de tudo o que fazemos desde 2014;

    - Continuar a apostar fortemente na participação cívica, reforçando ferramentas de referência nacional e internacional como o Orçamento Participativo Jovem de Valongo (OPJV), o Eu Conto, a Semana Europeia da Democracia Local, e o programa Comunidade mais Esclarecida, Comunidade Mais Participativa;

    - Continuar a investir em soluções tecnológicas que permitam poupança na gestão do dia, como o investimento estratégico na iluminação pública de todas as ruas com tecnologia LED (Valongo foi o 1º concelho a substituir toda a iluminação pública por tecnologia LED) o que trouxe poupança e mais segurança nos espaços públicos;

    - Continuar a investir na modernização de todo o Concelho de Valongo, de forma justa e equilibrada, aumentando a captação de financiamento comunitário através do próximo Quadro Financeiro 2030 e do PRR, depois de já termos captado mais de 31 Milhões de Euros em financiamento (comunitário e nacional) nos últimos 7 anos para intervenções em todo o concelho.

    CONTINUAR A PROMOÇÃO ATIVA D EUM TERRITÓRIO COM IDENTIDADE

    - Continuar a reforçar a estratégia inovadora de promoção do concelho lançada em 2014 com as 6 (seis) logomarcas - Serras e Rios, Regueifa e Biscoito, Ardósia, Brinquedo Tradicional Português, Bugiadas e Mouriscadas e Património Religioso, num trabalho de parceria com as freguesias, as coletividades, as escolas do concelho e todo o tecido económico e social;

    - Concluir as obras da Oficina de Promoção do Brinquedo Tradicional Português em Alfena, reabilitar o antigo Cinema de Ermesinde para atividades culturais, e o antigo Consulado do Equador em Ermesinde, concluir as obras do antigo Cinema de Alfena que dará origem ao futuro Auditório de São Vicente;

    - Reforçar as iniciativas culturais e identitárias ligadas às logomarcas, como a Feira da Regueifa e do Biscoito, a Festa do Brinquedo Tradicional Português, as Bugiadas e Mouriscadas, as Aldeias de Natal, bem como iniciativas das freguesias como a Noite Branca e dos Bombos em Ermesinde ou a Semana das Associações em Campo, com o objetivo de estimular e acelerar a rápida recuperação do comércio e restauração local;

    - Consolidar a posição das nossas Serras como 1º destino metropolitano de atividades desportivas outdoor, melhorando os centros de BTT, de TrailRunning, os Percursos Equestres, de Escalada e o Circuito de Contemplação com os tronos romanos e os baloiços, para além da construção da Escadaria da Cucamacuca que permitirá ligar a cidade ao topo da serra, e apostar na visitação do complexo mineiro romano com segurança.

    CONTINUAR A APOSTA NO PLANEAMENTO ESTRATÉGICO SUSTENTÁVEL PARA ATRAIR INVESTIMENTO

    - Depois de mais de 300 Milhões de Euros de investimento privado captado e cerca de 2000 postos de trabalho criados desde 2014 (sendo o maior investimento captado a Plataforma Logística da Jerónimo Martins) o objetivo até 2025 é alcançar os 500 milhões de Euros de investimento privado captado para o concelho de Valongo e mais alguns milhares de postos de trabalho associados;

    - Implementar pela primeira vez (depois de 30 anos de indecisão) o plano de urbanização da Zona Industrial e Empresarial de Campo (PUZIEC) que irá atrair mais investimento para o concelho;

    - Concluir a revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) reforçando os mecanismos participativos e implementando os contributos cidadãos e em particular das crianças envolvidas no Valongo 4.0;

    - Continuar a implementar o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável (PMUT), o Plano Municipal de Acessibilidades para todos (PMAT) e o Plano Municipal de Saúde;

    - Continuar a investir em hortas comunitárias com o objetivo de alcançar as 1000 hortas disponíveis em todo o concelho;

    - Continuar a investir em mais parques de lazer junto ao Rio Leça e ao Rio Ferreira, como os recentes parques de lazer na Lomba e no Passal em Sobrado, no alargamento do Parque do Leça em Alfena bem como em Ermesinde, para além do arranque do corredor do Rio Ferreira em Campo e da criação de um novo parque no Rio Ferreira junto à Casa Paroquial de Sobrado; para além da conclusão do parque na Quinta da Lousa em Valongo entre outros parques por todo o concelho;

    - Avançar com o investimento no Complexo de Piscinas ao ar livre em Campo no Parque público do Passal, e num futuro Complexo de Piscinas ao ar livre em Ermesinde.

    CONTINUAR A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS MUNICIPAIS PARA ESTAR MAIS PRÓXIMO DAS PESSOAS

    - Consolidar a desmaterialização de todos os processos e serviços municipais que estão 100% online desde 2015 e disponibilizando uma nova App para todos os cidadãos; - Continuar a melhorar a Rede Administrativa de Proximidade investindo em mais qualidade e rapidez na Loja do Cidadão em Ermesinde e nos Espaços do Cidadão em todas as Freguesias;

    - Continuar a investir na Transparência a 100% de tudo o que se faz e na disponibilização de toda a informação no site do município, designadamente financeira;

    - Reforçar o Programa Stop Buracos;

    - Continuar a implementação do Projeto de Recolha Porta a Porta dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU);

    - Continuar a implementação da filosofia de gestão KAIZEN em toda a Câmara Municipal; - Construir a futura Casa da Democracia Local, o que trará muitas poupanças anuais devido à elevada eficiência energética e sustentabilidade ambiental do novo edifício, que permitirá albergar todos os funcionários técnicos e administrativos municipais hoje dispersos pelo concelho, bem como novos serviços decorrentes da descentralização do poder central como a educação, a saúde e a ação social, bem como novos serviços cívicos, culturais e gratuitos. Uma das consequências da futura Casa da Democracia Local é a libertação de espaços em Valongo para a instalação de uma instituição de Ensino nas atuais instalações da Câmara Municipal, e em Ermesinde para melhorar as condições da Biblioteca e criação do futuro Museu Etnográfico da Cidade de Ermesinde); - Disponibilizar acesso wifi gratuito a todos os cidadãos nos centros das localidades em Alfena, Campo, Ermesinde, Sobrado e Valongo.

    foto
    INTERVENÇÕES ESPECÍFICAS EM ERMESINDE

    - Concluir a requalificação da Piscina de Ermesinde;

    - Reabilitar a Casa do antigo Consulado do Equador e o Antigo Cinema de Ermesinde para reforçar os espaços culturais da Cidade;

    - Continuar a transformação da Gandra no âmbito do projeto “A nova Gandra” iniciado com a requalificação da Praça da Estação e que continuará com a requalificação da praceta Sá da Bandeira, a requalificação do edifício do Mercado e de todo o espaço envolvente, ações de urbanismo tático e intervenções de arte urbana;

    - Construção de uma nova via que ligará a Av. Primavera à Rua da Costa e a Construção de uma nova via que ligará a parte baixa de Ermesinde (Escola Mirante de Sonhos) à parte alta (PER Mirante de Sonhos) o que permitirá a melhoria do acesso aos transportes públicos; -

    Novos balneários no Estádio Municipal dos Sonhos;

    - Concluir a requalificação do Pavilhão da Bela e zona envolvente;

    - Concluir a requalificação do Complexo Desportivo Montes da Costa que terá a primeira pista de atletismo do Concelho;

    - Continuar a ampliação do Parque do Leça na zona da Soccer (Travagem) nas duas margens com o objetivo de ligar futuramente a Alfena, bem como a todo o corredor do Rio Leça entre Santo Tirso, Maia e Matosinhos;

    - Construção de Ciclovias no centro da cidade;

    - Construção de um novo equipamento cultural de experiência imersiva no centro da cidade e requalificação de várias ruas;

    - Corrigir a carência de Habitação através da implementação do programa estratégico 1º direito, e reabilitar as quase 50 habitações devolutas em Mirante de Sonhos;

    - Construção de um Complexo de Piscinas ao Ar Livre em Ermesinde, na Zona da Santa Rita.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.