Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-04-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-05-2021

    SECÇÃO: Destaque


    NO ÂMBITO DE UMA PALESTRA PROMOVIDA PELO ROTARY CLUB DE ERMESINDE

    A crise no norte de Moçambique

    foto
    O Rotary Club de Ermesinde (RCE) promoveu, logo no início do mês, mais concretamente no dia 3 de maio, a partir das 21h15m, uma palestra subordinada ao tema: “A crise no norte de Moçambique”, tema bastante atual e de grande gravidade para aquela região de Moçambique, que mereceu um olhar atento do Rotary ermesindense.

    Para falar deste candente assunto, através da plataforma “zoom”, o Rotary Club de Ermesinde escolheu como convidado o jornalista da RTP, Ricardo Mota, dono de vasta experiência e conhecimento sobre vários locais do mundo, mas sobretudo dos países africanos de língua portuguesa, pois já esteve em todos e conhece-os muito bem, no decurso de uma longa carreira profissional, da qual cerca de 30 anos têm sido ao serviço da RTP, sendo atualmente o seu Chefe de Delegação em Cabo Verde.

    Ricardo Mota é natural de Paredes (1969), formado em Comunicação Social, pela Escola Superior de Jornalismo do Porto e tem uma larga experiência profissional, ao serviço de vários meios de comunicação social, nomeadamente o “Expresso” (1987), “Rádio Nova” (1989) e RTP (desde 1991). Desde 1998 tem desempenhado a sua profissão em África, sobretudo nos países dos PALOP e da CPLP, particularmente na Guiné-Bissau, Angola, S. Tomé e Príncipe, Moçambique e Cabo Verde.

    Esta palestra inseriu-se na 44.ª reunião do Rotary Club de Ermesinde e contou com a presença de cerca de três dezenas de pessoas, contando-se vários rotários de Ermesinde e de outros Clubes que quiseram estar presentes, designadamente Jorge Barbosa, Manuel da Silveira, Carlos Mourão, José Luís Pinto, Vicente Gonçalves, Fernando Ferreira, José Serdoura, Paulo Silva, José Sobral Pires, José Costa, Luís Ferreira Reis, Manuel Cavadas, Maria da Saúde Inácio, Vítor Massa, João Morgado, Agostinho Silva, Daniel Pereira, Ricardo González, Tiago Ferreira e, entre outros, Duarte Besteiro que é o Governador Designado do Distrito 1970 para 2023/2024.

    Ricardo Costa agradeceu o convite do Presidente do RCE com quem se encontrou em Maputo há uns anos e referindo-se ao tema em concreto, disse ter estado em Cabo Delgado em março de 2017, há 4 anos. Os 12 anos que tem de Moçambique fazem com que as informações que tem do território e das suas gentes sejam credíveis. Os ataques ao território de que agora tanto se fala começaram já em outubro de 2017, e foram noticiados pela agência Lusa, que é uma espécie de “Bíblia” e acervo de informação em português.

    Por ela vamos sabendo aquilo que tem sido divulgado nos meios de comunicação social: no norte de Moçambique, mais concretamente, em Palma, na província de Cabo Delgado, onde estão a ser concretizados megaprojetos que visam a liquefação de gás natural, têm surgido repetidos ataques de grupos armados que se dizem ligados ao Estado Islâmico. As vítimas andam à volta de dois mil e quinhentos mortos, desde 2017, 700 mil deslocados, dos quais apenas 30 mil estão registados em ONG’s, ou em instituições especializadas ligadas à ONU, como a UNICEF ou ao programa mundial alimentar. O conferencista falou da prospeção de gás que remonta a 2005, e em 2012 é que começou uma negociação complexa relativamente à concessão da terra. Em Angola e Moçambique a terra é do Estado, sendo depois concedida pelo Estado àqueles que a trabalham. Neste caso, para a exploração de gás, teve de haver negociações complexas que envolveram generais ou pessoas ligadas ao partido do poder.

    (...)

    leia este artigo na íntegra na edição impressa.

    Nota: Desde há algum tempo que o jornal "A Voz de Ermesinde" permite aos seus leitores a opção pela edição digital do jornal. Trata-se de uma opção bastante mais acessível, 6,00 euros por ano, o que dá direito a receber, pontualmente, via e-mail a edição completa (igual à edição impressa, página a página, e diferente do jornal online) em formato PDF. Se esta for a sua escolha, efetue o pagamento (de acordo com as mesmas orientações existentes na assinatura do jornal impresso) e envie para o nosso endereço eletrónico (avozdeermesinde@gmail.com) o nome, o NIF e o seu endereço eletrónico para lhe serem enviadas ao longo do ano, por e-mail, as 12 edições do jornal em PDF.

    Mas se preferir a edição em papel receba comodamente o Jornal em sua casa pelo período de 1 ano (12 números) pela quantia de 12,00 euros.

    Em ambos os casos o NIB para a transferência é o seguinte: 0036 0090 99100069476 62

    Posteriormente deverá enviar para o nosso endereço eletrónico (avozdeermesinde@gmail.com) o comprovativo de pagamento, o seu nome, a sua morada e o NIF.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.