Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 29-02-2020

    SECÇÃO: Desporto


    POLO AQUÁTICO

    Fase de apuramento de campeão está ao virar da esquina

    foto
    O CPN está a um pequeno passo de assegurar o passaporte para fase de apuramento de campeão/subida de divisão do Campeonato A2 masculino/1.ª Fase/Norte.

    Facto que ficou mais visível depois de no passado dia 23 de fevereiro a turma de Ermesinde ter superado mais um obstáculo rumo a este objetivo, isto é, depois de ter vencido por 9-6 (com o parciais de 1-1/2-1/1-5/2-2) na piscina do CNAC, em jogo da 12.ª jornada, e cimentar desta forma o 3.º lugar da classificação geral, o último posto que dá acesso à referida fase de apuramento de campeão/subida de divisão. Isto, quando restam duas jornadas para o final desta primeira fase.

    Em Coimbra, berço do CNAC, os cepeenistas fizeram o seu melhor jogo da época até ao momento. Foi uma partida onde a equipa mostrou o seu melhor nível em termos defensivos, com um bloco bastante coeso e demonstrando uma maturidade de jogo que até agora ainda não se tinha visto. Assistiu-se a um duelo equilibrado, como era esperado, mas onde na segunda metade do jogo o CPN conseguiu impor a sua melhor condição física e aí cavar a vantagem no marcador e geri-la até ao final.

    Marcaram para o CPN neste encontro realizado em Coimbra os seguintes jogadores: Mário Lisboa (1 golo), Gonçalo Torres (2 golos), Nuno Mota (1 golo), Gonçalo Moura (3 golos) e João Machado (2 golos).

    Na semana anterior, mais concretamente no dia 16, o CPN deslocou-se às Piscina Municipais de Felgueiras para aí discutir com o FOCA um jogo alusivo à 11.ª ronda. Os cepeenistas obtiveram mais uma vitória importante, por 15-11 (com os parciais de 3-2/3-4/3-3/2-6), no sentido de se manterem na luta pelo 3.º lugar, até para aproveitar a derrota que nesta jornada o Vitória de Guimarães B averbou em Paredes.

    Em Felgueiras assistiu-se a um jogo bastante equilibrado durante três períodos, já que nenhuma das equipas conseguiu ter uma vantagem superior a dois golos. No entanto, no período final a equipa da nossa freguesia conseguiu fazer-se valer de uma melhor condição física e mostrou mais maturidade emocional, conseguindo assim cravar a vantagem no marcador e dilatá-la. Ante o FOCA os tentos do CPN foram da autoria de Rúben Relva (1 golo), João Neves (1 golo), Mário Lisboa (3 golos), Gonçalo Torres (4 golos), Nuno Mota (1 golo), Gonçalo Moura (2 golos) e João Machado (3 golos).

    Fevereiro teria sido um mês 100 por cento vitorioso caso o CPN não tivesse escorregado na piscina do 2.º classificado, o Paredes B, no dia 2, em partida referente à 10.ª jornada. Derrota por 12-10 (com os seguintes parciais: 2-0/4-1/4-5/2-4) num encontro de duas faces distintas. Uma primeira apática, em que o Paredes B, sem fazer muito por isso chegou a estar a ganhar por 6-1, principalmente devido ao total desacerto ofensivo da equipa ermesindense.

    Na segunda parte, o CPN mostrou alguma reação, provando que tinha argumentos para discutir o jogo e acabou por se superiorizar ao adversário e discutir a partida quase até ao final. Valeu ao Paredes B a vantagem conquistada nos dois primeiros períodos.

    Neste jogo marcaram para o CPN David Silva (3 golos), João Neves (3 golos), Mário Lisboa (1 golo), Gonçalo Moura (2 golos) e João Machado (1 golo).

    Face a esta conjugação de resultados o CPN ocupa, como já vimos, o 3.º lugar, agora com 24 pontos, mais um que o seu mais direto rival na luta pelo apuramento, o Vitória de Guimarães B. E é precisamente contra esta equipa que os cepeenistas vão jogar na próxima jornada, a ser disputada no dia 1 de março. Será uma autêntica final, pois uma vitória garante ao CPN o 3.º lugar e com isso o acesso a uma das duas vagas para a subida de divisão.

    Nota: Todos os resultados e classificações desta competição podem ser consultados no nosso site, acedendo ao link “Resultados Desportivos”.

    RUMO AOS “QUARTOS”

    DA TAÇA DE PORTUGAL

    Pelo meio deste percurso no campeonato o CPN disputou em casa frente ao Aminata (de Évora) uma partida alusiva aos oitavos de final da Taça de Portugal. Jogo disputado a 9 de fevereiro e que se saldou por um triunfo cepeenista por 17-15 (com os parciais de 3-3/4-5/6-3/4-4). Foi uma partida equilibrada frente a um adversário da 1.ª Divisão Nacional, um jogo em que ambas as equipas deixaram que os ataques contrários se superiorizassem às suas defesas (muitos golos sofridos de parte a parte), com um ritmo algo lento, o que acabou por ser benéfico para os eborenses. Mesmo assim o CPN conseguiu mostrar vários argumentos a nível ofensivo, que lhe valeram a vitória. Marcaram para os ermesindenses neste jogo David Silva (1 golo), Rúben Relva (3 golos), João Neves (7 golos), Mário Lisboa (4 golos), Gonçalo Moura (1 golo) e João Machado (1 golo).

    O CPN segue assim para os quartos-de-final da taça, que serão realizados na piscina do Fluvial Portuense, em datas ainda por confirmar, em esquema de Final 8 e onde a turma ermesindense vai defrontar o Paredes.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].