Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2023
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 29-02-2020

    SECÇÃO: Cultura


    Chegou o “Comboio das Nove”, o novo livro do ermesindense Filipe Bacelo

    Foto ALBERTO BLANQUET
    Foto ALBERTO BLANQUET
    O escritor ermesindense Filipe Bacelo apresentou no passado dia 9 de fevereiro o seu novo livro, intitulado “O Comboio das Nove”.

    A sessão de apresentação deste romance aconteceu no salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Ermesinde, local que acolheu as cerca de 200 pessoas que quiseram estar perto do escritor neste momento.

    Recorde-se que este é o segundo livro do autor de Ermesinde, que em março de 2019 editou o livro “O Amor vence Sempre”.

    Relativamente ao “Comboio das Nove” importa dizer que se trata de uma história de amor inspirada em factos reais. “O Comboio das Nove” é um convite à perseverança e resiliência, lembrando o poder que o amor tem para transformar a realidade mais adversa e enfrentar as armadilhas que a vida coloca pelo caminho.

    De acordo com Filipe Bacelo, é um livro que foi inspirado na sua própria história de vida. «Um pouco de mim e da minha companheira Mia estão neste livro. Estivemos separados um ano e meio e no momento que eu decido que não havia volta a dar, que eu amava aquela mulher como nunca tinha amado, fui esperá-la à estação de comboios de Ermesinde e escrevi aquele momento num papel. Aos poucos fui escrevendo uma história de amor, até que decidi fazer um romance e passar para livro», contou o autor.

    Questionado pelo nosso jornal se depois do sucesso que foi alcançado pelo seu primeiro livro espera que este “Comboio das Nove” possa repetir, ou até superar, esse sucesso, o autor é perentório em dizer que: «quero mais! Quero chegar mais longe enquanto escritor. O desejo que tenho é superar as vendas do meu primeiro livro, “O amor vence sempre “. Mas tento não criar muita expetativa. Quero voar, mas sempre com os pés bem assentes no chão», diz, acrescentando que tem já garantida a presença nas feiras do livro de Lisboa e do Porto deste ano onde irá divulgar/apresentar a sua nova obra. Informa ainda que para além das duas maiores feiras do país irá estar presente em mais algumas nos próximos tempos, esperando que uma delas seja a de Ermesinde, lá mais para julho, pois afinal Ermesinde foi «a terra que me viu nascer e crescer. Eu sou um ermesindense com muito orgulho», vincou o escritor que no dia 20 de fevereiro esteve ainda na Escola Secundária de Ermesinde para levar por diante uma palestra com alunos do 11.º ano.

    (...)

    Leia esta notícia na íntegra na edição impressa.

    Nota: Agora pode tornar-se assinante da edição digital por 6 euros por ano. Após fazer o pagamento (de acordo com as mesmas modalidades existentes na assinatura do jornal impresso) deverá enviar-nos o nome, o NIF e o seu endereço eletrónico para lhe serem enviadas, por e-mail, as 12 edições em PDF.

    Por: MB

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.