Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2019
Jornal Online

SECÇÃO: Desporto


BASQUETEBOL

Cepeenistas em zona de play-off

Foto CPN/BASQUETEBOL
Foto CPN/BASQUETEBOL
Se o campeonato da Liga Feminina de basquetebol terminasse agora o CPN garantia um lugar nos play-off. Claro que este cenário não passa “hoje” de uma mera hipótese, porque ainda agora a prova teve início, mas não deixa de ser um bom tónico para o que resta jogar até março, altura em que esta fase regular irá chegar ao fim.

Em novembro foram três as jornadas disputadas no âmbito do principal escalão do basket feminino nacional, tendo as propagandistas somado uma vitória e sofrido dois desaires. A vitória (58-40) foi obtida ante o Benfica, no dia 9, a contar para a 6.ª jornada. Num jogo onde o Pavilhão Municipal de Ermesinde teve uma moldura humana fantástica – com mais de 350 pessoas - as cepeenistas realizaram uma partida onde demonstraram vontade e querer, e com uma atitude defensiva impressionante conseguiram reduzir o ataque adversário a 40 pontos, e com saídas rápidas em contra-ataque e um tiro exterior eficaz, venceram por claros 58-40.

No plano individual especial destaque para as exibições de Briana Gray (22 pontos, 9 ressaltos, 4 assistências e 6 roubos de bola) e da “âncora defensiva” Tamara Milovac - 5 pontos e 9 ressaltos - que com uma alma enorme contagiaram toda a equipa, onde as jovens internacionais Eva Carregosa (9 pontos, 4 ressaltos e 4 assistências) e Mariana Pereira (6 pontos, 3 ressaltos e 2 roubos de bola) também deram excelentes mostras da sua qualidade, cativando e muito o público presente.

Sensivelmente uma semana antes, no dia 3, o CPN deslocou-se aos Açores para aí defrontar a equipa do União Sportiva, a qual nos últimos anos tem vindo sempre a lutar pelo título, sendo presença regular nas competições europeias. O jogo teve um início displicente de parte a parte, mas onde as açorianas se mostraram superiores, com a equipa ermesindense a conseguir equilibrar a partida até ao intervalo (33-26). Na 2.ª parte, já sem Tamara Milovac, a referência do CPN no jogo interior (ausente desde o meio do 2.º período por lesão, tendo de se deslocar ao hospital para suturar ferida no sobrolho), o União Sportiva ganhou a luta nas tabelas - 52 ressaltos no total contra 32 do CPN - mostrando uma defesa mais agressiva e uma boa percentagem de lançamento fruto do contra-ataque que sentenciaram o jogo, sendo o resultado final de 76-51. No aspeto individual destaque para as exibições das cepeenistas Martha Burse (16 pontos, 4 assistências e 5 roubos de bola) e da internacional sub-18 Natália Santos (7 pontos, 4 ressaltos e muita luta no jogo interior).

foto
Por fim, no dia 24 o CPN recebeu o ESSA do Barreiro, em jogo da 7.ª jornada. O CPN teve uma primeira parte muito atípica a nível ofensivo, onde a baixa percentagem de lançamento (13%) originou uma diferença no marcador de 19 pontos ao intervalo (13-32). Na 2.ª parte, a turma de Ermesinde fez algumas correções, e mantendo a intensidade e agressividade defensiva, somente permitiu que o adversário concretizasse 19 pontos nos últimos 20 minutos, conseguindo aproximar-se no marcador, sendo que a 27 segundos o resultado era de 46-48. Contudo, o CPN acabou por não ser feliz nas últimas posses de bola, perdendo a partida por 46-51. Destaque para as atletas Eva Carregosa, autora de um duplo-duplo (12 pontos, 10 ressaltos, aos quais juntou 5 assistências e 2 roubos de bola), Tamara Milovac (13 pontos e 3 ressaltos) e Martha Burse (13 pontos, 6 ressaltos e 2 assistências).

Face a estes resultados o CPN ocupa a 5.ª posição da Liga Feminina, com 11 pontos, menos dois que o líder União Sportiva.

Nota: Todos os resultados e classificações desta competição podem ser consultados no nosso site, acedendo ao link “Resultados Desportivos”.

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.