Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2019
Jornal Online

SECÇÃO: Desporto


POLO AQUÁTICO

CPN reativa secção de polo aquático

foto
Modalidade com uma história de sucesso na nossa Cidade o pólo aquático de alta competição está de regresso nesta nova temporada ao CPN. Após a extinção da secção há precisamente 10 anos pelo então presidente do clube, Augusto Mouta, o polo aquático cepeenista regressa ao ativo. Nunca é por demais recordar que no seu auge, o CPN formou alguns dos melhores jogadores e equipas das suas gerações, tendo conquistado diversos títulos regionais e nacionais (quer nos escalões de formação quer nos seniores) e colocado dezenas de jogadores nas seleções nacionais.

João Machado, antigo jogador do clube, é o coordenador da renascida secção, da qual fazem ainda parte Rui Machado, Paulo Neves e Rui Sabino. João Machado que nesta reativação da secção assume também as funções de jogador e treinador na equipa sénior.

O regresso ao CPN, clube onde aliás se formou enquanto atleta, dá-se após quatro anos de trabalho no Gondomar Cultural, clube que na última época ajudou a subir à 1.ª Divisão Nacional. Devido à insatisfação com situação no clube gondomarense (com a falta de condições de treino), resolveu por iniciativa própria sair. Conhecendo a intenção do CPN em reativar o polo aquático, João Machado abordou no seguimento desta sua decisão o clube ermesindense no sentido de perceber se este teria interesse em recebê-lo não só a si como também a muitos dos atletas Gondomar Cultural que consigo partilhavam a insatisfação face às condições proporcionados pelo emblema gondomarense. Uma pretensão que seria aceite pela Direção do CPN.

Nesta nova temporada o CPN irá competir ao nível dos escalões de seniores masculinos e de sub-20 e sub-18, também na variante masculina. O clube abriu, ainda, treinos de captação para escalões inferiores, no sentido de futuramente formar equipas nesses escalões. Assim, crianças até aos 15 anos podem dirigir-se diariamente à Piscina do CPN, entre as 19H00 e as 20H15, para frequentar os treinos de captação, sendo que até ao escalão de sub-14 os treinos são mistos (masculino e femininos), ao passo que os escalões superiores são apenas destinados a atletas masculinos.

Quanto aos seniores, que irão competir na 2.ª Divisão Nacional - haverá uma 1.ª fase regional disputada a norte e cujos primeiros classificados irão discutir com os primeiros posicionados da zona sul a subida ao escalão maior - o objetivo passa por lutar pela subida à 1.ª Divisão. João Machado sublinha que não impôs esse objetivo ao seu grupo, até porque a esmagadora maioria dos atletas vive em Ermesinde uma nova realidade, estão num novo clube, e nesse sentido há que ter em conta a adaptação a esta nova etapa das suas carreiras. Mas... o CPN vai lutar pela subida, garante o treinador/jogador.

A preparação da nova época arrancou neste início de setembro e a adaptação dos jogadores ao novo clube tem sido boa, garante o coordenador da secção. O grupo está ademais satisfeito com as condições que encontrou e acima de tudo «temos sentido o apoio fantástico por parte da Direção do CPN», assegura João Machado.

No final de outubro têm início os primeiros jogos oficiais, com o arranque do campeonato, embora neste momento ainda não exista uma data concreta para esse início, nem tão pouco calendário definido.

Por: MB

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.