Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2019
Jornal Online

SECÇÃO: Destaque


O arranque oficial da Escola Segunda Oportunidade de Valongo

foto
A Escola Segunda Oportunidade de Valongo (E2OV) arrancou oficialmente no passado dia 19 de setembro. A receção aos alunos foi feita no Centro de Formação e Emprego do Centro Social de Ermesinde, por parte dos elementos afetos ao quadro técnico que vão dirigir esta nova resposta pública de educação.

Acompanhada de Adelino Soares, dirigente do CSE responsável pelo Centro de Formação, a Diretora Técnica da valência, Albertina Alves, deu as boas vindas ao grupo de jovens que irá frequentar a E2OV durante o novo ano letivo, desejando a todos votos de sucesso e bom trabalho. Coube, no entanto, a Florentino Silva, coordenador da E2OV, e a Sérgio Garcia, técnico de inovação e desenvolvimento, explicar um pouco daquilo que vão ser as rotinas e funcionamento desta escola, que apresenta diferenças em comparação com o típico modelo de escola pública, como foi vincado pelo coordenador da resposta. «Esta é uma escola de atividade muito prática e de experimentação. É uma escola muito no sentido “debaixo para cima”, ou seja, das coisas concretas para os saberes abstratos, e com isto quero dizer que são vocês que vão decidir quais os conteúdos que querem trabalhar, ao contrário daquilo que acontece na escola que conhecem», explicou Florentino Silva numa sessão de apresentação que serviu igualmente para que os alunos e professores da E2OV se conhecessem e que de pronto se iniciasse ali uma comunidade educativa.

Por seu turno, Sérgio Garcia deu a conhecer os professores, os horários, e os espaços onde as atividades se vão desenvolver. A título de curiosidade, as aulas teóricas vão funcionar precisamente no Centro de Formação do CSE, ao passo que as aulas mais práticas vão decorrer num espaço que o Centro alugou na Rua Júlio Dinis, onde os alunos vão frequentar as oficinas (de artesanato, costura, música, rádio, pintura, reparação de eletrodomésticos, arte urbana, reparação de bicicletas, teatro, entre outras áreas). Depois desta apresentação de cariz mais informativo os alunos foram conhecer os cantos à casa, digamos assim, terminando com um pequeno lanche naquela que será a sala de convívio destes jovens ao longo do próximo ano letivo.

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.