Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-10-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-05-2018

    SECÇÃO: Destaque


    9.ª EDIÇÃO DA VALORIZAR - MOSTRA DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

    Ermesinde voltou a indicar os caminhos do futuro ao nível da formação profissional e do emprego

    Fotos ALBERTO BLANQUET
    Fotos ALBERTO BLANQUET
    Terminou no passado 10 de maio a 9.ª edição da VALorizar - Mostra de Emprego e Formação Profissional do Concelho de Valongo, que durante dois dias (9 e 10 de maio) decorreu no Fórum Cultural de Ermesinde.

    A iniciativa - promovida pelo Município de Valongo - teve como principal objetivo sensibilizar a população - sobretudo a faixa mais jovem e em idade de traçar o seu caminho profissional - para as ofertas formativas e para as reais necessidades em termos de empregabilidade.

    Esta 9.ª edição da VALorizar contou com a presença de cerca de três dezenas de entidades ligadas às áreas do Emprego, Ensino, Formação Profissional e Empreendedorismo.

    A sessão de abertura do certame esteve a cargo do presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, que se referiu à iniciativa como «dois dias importantes onde mostramos a oferta formativa que temos e o caminho a seguir no que a emprego diz respeito», frisou o edil, que disse ainda que Valongo é um concelho com muito para oferecer, solicitando a todos os presentes a ajuda para divulgar a riqueza do concelho.

    foto
    Ao longo dos dois dias foram muitos os visitantes - na sua esmagadora maioria jovens - que passaram pela Mostra, os quais tiveram contacto com a vasta e diversificada oferta formativa - e alguma ao nível do emprego -, com uma forte predominância das escolas profissionais, onde sobressaíram as ofertas ao nível da metalomecânica, eletromecânica, informática, ourivesaria, turismo, marketing, ou da restauração. Realce ainda para a presença, um ano mais, do Centro Social de Ermesinde, através do seu pólo de formação, que ali evidenciou alguns dos seus atuais projetos formativos, a título de exemplo, o Eurodesk, ou o projeto de Rádio Comunitária Zona Z (no âmbito do Programa Escolhas).

    Do programa desta 9.ª edição da VALorizar constaram ainda diversos workshops, nomeadamente: “Como ter Sucesso na Procura de Trabalho e Singrar na Empresa"; "Como Tornar a sua Empresa Mais Competitiva e uma Referência no Mercado; "Serviço Militar - Uma Oportunidade de Carreira"; "Coaching na Procura de Emprego"; e "Hard Skills vs Soft Skills - O que Valorizam as Empresas".

    TENDÊNCIAS E OPINIÕES DA MOSTRA

    foto
    Como já foi referido, foram cerca de 30 as entidades ligadas às áreas do Emprego, Ensino, Formação Profissional e Empreendedorismo que marcaram presença na Mostra. Aproveitamos a oportunidade para conhecer uma ou outra, e sobretudo perceber não só quais as tendências profissionais mais em voga no presente que cada uma delas oferece - por outras palavras, os cursos com mais saída profissional -, mas também conhecer a sua opinião acerca desta iniciativa que anualmente decorre na nossa cidade.

    Presença habitual na VALorizar é a do CENFIM, entidade cuja oferta formativa incide nos setores Metalúrgico, Metalomecânico e Electromecânico. Américo Domingues, formador desta escola, começou por se referir à Mostra como «um evento útil para a divulgação das ofertas de formação existentes no concelho, e muito importante para contribuir para a empregabilidade». Já no que toca aos cursos técnico-profissionais com maiores probabilidades de garantia de emprego na atualidade, aponta-nos as formações em programação CNC, Operadores de Máquinas e Ferramentas, Técnicos de Mecatrónica e de Manutenção Industrial.

    foto
    Presença igualmente notada no certame foi a dos agrupamentos de escolas do nosso concelho, também eles com vasta e variada oferta formativa. Segundo César Ferreira, do Agrupamento de Escolas de Valongo, os cursos ligados às áreas da eletrónica, da eletricidade e da informática são os que têm mais saída profissional no momento. Já Cidália Simões, da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, referiu-se ao evento como muito importante para a região e em especial para os jovens, visto aqui estarem reunidas várias instituições ligadas ao ensino que podem ser promotoras de emprego. Francisco Alves, aluno desta escola, destacou também ele a importância do evento, «pois dá para conhecermos as escolas e os novos cursos no sentido de termos uma ideia do caminho a seguir no futuro».

    Por: MB/RITA POLÓNIA

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.