Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-03-2013

    SECÇÃO: Destaque


    MOSTRA DE TEATRO AMADOR DO CONCELHO DE VALONGO 2013

    Encerramento da Mostra de Teatro

    Foi o final da Mostra de Teatro Amador, pelos vistos a 19ª (os próprios organizadores já nem recordam bem), e durante esta edição pisaram os palcos 11 grupos e cerca de 200 intervenientes, para o que se calcula um total de cerca de dois mil e quinhentos espetadores.

    Na cerimónia de encerramento, o presidente da Câmara Municipal de Valongo, João Paulo Baltazar, proferiu algumas palavras e entregou às associações presentes um diploma de participação e uma lembrança.

    E prometeu que a Mostra vai continuar a ter o apoio da autarquia. Todos os presentes aplaudiram.

    Foto URSULA ZANGGER
    Foto URSULA ZANGGER
    O presidente da Câmara de Valongo, João Paulo Baltazar, sublinhou, no passado dia 27 de março – Dia Mundial do Teatro – a importância do certame que é a Mostra de Teatro Amador, que a Câmara continuará a apoiar, garantiu.

    Agradeceu depois o trabalho de anos de formação teatral a Júnior Sampaio, «que formou centenas de pessoas, com disciplina e irreverência».

    Dirigiu depois uma palavra às associações que participaram na Mostra, um trabalho fantástico!, elogiou, prometendo que ele iria ser alvo do devido balanço.

    COMPANHIAS PARTICIPANTES

    NA MOSTRA DE TEATRO AMADOR

    Participaram nesta Mostra de Teatro Amador as companhias Associação Académica e Cultural de Ermesinde – Grupo Casca de Nós (“Aniversário do Banco”), Cabeças no Ar e Pés na Terra, Associação Cultural – Batatas com Salsichas (“Sementinha”), Associação Cultural e Recreativa Vallis Longus (“A Titi é Boazona”), Teatro Amador Susanense (“O Duelo”), Centro Recreativo Estrelas da Balsa (“A Improvisação”), Associação Desportiva e Cultural Canários de Balselhas (Sai de Baixo – Pintou Sujeira”), Ágorarte, Associação Cultural e Artística – Grupo Sabor a Teatro (“Despertar da Primavera Tragédia da Adolescência”), Grupo Dramático e Musical de Campo (“A Calcinha do Zé”), Grupo Dramático da Universidade Sénior do Rotary Club de Valongo (“A Sopa Juliana”), Associação Cultural e Recreativa Fora d’Horas (Reis... ou Rainhas?”) e o Grupo Dramático e Recreativo da Retorta (A História é uma História”).

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].