Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 25-06-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 24-01-2013

    SECÇÃO: Painel partidário


    João Paulo Baltazar tenta iludir Valonguenses ao "vender a ideia" da resolução dos problemas financeiros da Câmara Municipal

    Recentemente, os órgãos municipais de Valongo deliberaram a adesão ao designado PAEL - Programa Apoio às Economia Local. Tratou-se de um decisão profundamente negativa que, oportunamente e de forma fundamentada, a CDU caracterizou como “Receita de Desastre” (ver http://cduvalongo.blogs.sapo.pt/239938.html).

    Entretanto, dando sequência a esta decisão, o Tribunal de Contas não encontrou motivos formais para rejeitar a adesão da Câmara de Valongo ao PAEL, à semelhança de muitos outros municípios. Na sequência deste facto, João Paulo Baltazar, Presidente da Câmara de Valongo, veio a público tentar iludir aos Valonguenses afirmando demagogicamente que “Este é o dia em que dobramos o Cabo das Tormentas e vamos para o Cabo da Boa Esperança”.

    Estas caricatas afirmações pretendem projectar publicamente uma imagem de gestão rigorosa que contrasta em absoluto com a prática de endividamento brutal e continuado ao longo de todos estes anos consecutivos que a coligação PSD/CDS leva de gestão do Município de Valongo, omitem as gravosas condições de aplicação deste programa de austeridade municipal ao longo dos próximos 14 anos e ainda o facto de o PAEL, objectivamente, não passar de uma substituição de dívida de curto prazo por dívida cara de médio – longo prazo, que não resolve os deficits estruturais da Câmara e não tem em conta as suas funções sociais, ambientais, culturais e outras.

    Por outro lado, estas declarações são ainda mais risíveis por coincidirem no dia e no tom com as declarações de Passos Coelhos em que este afirmou que 2014 (sempre um ano à frente do actual) será um ano de “expansão económica”. Em ambos os casos, os limites de qualquer razoabilidade são manifestamente ultrapassados, descredibilizando os seus autores e as suas opções políticas. Com ironia, pode-se afirmar que a situação do país e de Valongo são, de facto, coincidentes em “êxitos” e “progressos”.

    A CDU alerta a população para a campanha mistificadora que João Paulo Baltazar tem vindo a levar a cabo de forma a iludir o comprometimento que o próprio, o PSD e o CDS, têm na situação actual da Câmara de Valongo.

    A resolução dos problemas financeiros do Município de Valongo e o cumprimento cabal de todas as suas responsabilidades para com a população, forças vivas e instituições implicam uma ruptura com o actual rumo. A CDU esteve, está e estará empenhada em dar o seu contributo nesse sentido!

    Estamos certos da v/melhor atenção.

    Valongo, 18 de Janeiro de 2013

    A CDU – Coligação Democrática Unitária / Valongo

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].