Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-05-2011

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL AMADOR

    Formiga confirma posse definitiva da “lanterna vermelha” na sequência de mais uma derrota

    Foto MIGUEL BARROS
    Foto MIGUEL BARROS
    Tarde de muito calor no pelado do Complexo Desportivo dos Montes da Costa, palco que ontem (14 de maio) acolheu o confronto entre o Formiga e o Rechousa (na imagem) alusivo à 31ª jornada do Campeonato Distrital de Amadores da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto. E tal como em tantos outros encontros ao longo desta temporada o Formiga voltou a acusar um elevado grau de inexperiência em lances capitais da contenda que acabariam por determinar uma nova derrota, desta feita por 0-2, a qual desde logo determinou que aconteça o que acontecer nas três últimas jornadas da competição o conjunto da nossa freguesia não irá sair do último lugar. Mas também será importante dizer que como em tantos outros jogos deste campeonato o Formiga em nada justificou a posição que ocupa na tabela, mostrando que, tirando o fator da experiência, em nada é inferior à esmagadora maioria das equipas em prova, e isso foi bem vincado ao longo de todo o primeiro tempo do duelo ante o Rechousa. Primeiros 45 minutos onde os da casa apresentaram um futebol agradável sob o ponto de vista técnico em oposição ao jogo atabalhoado dos gaienses. Apesar deste contraste de desempenhos as oportunidades de golo surgidas contam-se pelos dedos de uma só mão... e na verdade nem são precisos os dedos todos pois apenas por uma vez houve fumaça de golo no pelado ermesindense quando aos 21 minutos o formiguense Tozé isolado pelo lado esquerdo do seu ataque rematou sem qualquer tipo de oposição para uma grande defesa do guardião Russo. As tentativas do Formiga em subir novamente com perigo até à área do Rechousa sucederam-se nos minutos seguintes… embora sem sucesso, não só porque os contrários as anulavam com maior ou menor dificuldade mas sobretudo porque a dupla atacante composta por China e Tozé se mostrou ao longo de todo o encontro completamente dessintonizada!

    Para a etapa complementar o Rechousa apareceu mais atrevido enquanto que o Formiga baixou um pouco o seu ritmo de jogo, mas mesmo assim pertenceu-lhe a primeira grande oportunidade deste período, quando China, aos 57 minutos, disparou um forte remate fora da área que só não beijou o fundo das malhas porque Russo se atirou para o chão e sacudiu a bola para canto. Uma defesa que teve tanto de corajosa como de louca, já que no “voo” o guardião abriu a cabeça na sequência do embate contra o poste tendo tido a necessidade de ser transportado pelos bombeiros até ao hospital.

    E como o Rechousa não tinha guarda-redes suplente viu-se forçado a enviar para debaixo dos postes um jogador de campo. Um “brinde” que não seria aproveitado pelo Formiga pois aos 70 minutos na cobrança de um livre frontal à baliza João Pereira inaugurava o marcador. Tapando de todas as maneiras e feitios os caminhos para a baliza do seu guarda-redes improvisado os visitantes continuavam a procurar a baliza de Rocha, e numa dessas investidas, aos 85 minutos, chegariam ao segundo golo por intermédio de Eurico, acabando assim com todas as esperanças dos da casa em alcançar um bom resultado. Um golo que surge na sequência de um lance em que o árbitro deu a lei da vantagem, ou seja, a bola sobrou para Eurico depois de um companheiro seu ter sido rasteirado dentro de área por um defensor da casa.

    Um pouco de cabeça perdida os jogadores da casa passaram os últimos minutos mais em protestos com o trio de arbitragem – que diga-se em abono da verdade não teve uma tarde feliz, nem para um lado nem para o outro – do que a tentar minimizar os danos no marcador. Não conseguiu e somaria assim a sua 22ª derrota da época e mais do que isso a confirmação de que não sairia do último lugar de um campeonato que já está matematicamente ganho pelo Mocidade de Sangemil.

    Nota: Todos os resultados e classificações desta competição podem ser consultados na nossa edição on-line.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.