Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-05-2011

    SECÇÃO: Desporto


    BILHAR

    A.D.R. do Araújo sagra-se vencedor da 1ª edição da Superliga Bilharsinde júnior

    Foto VOXX CAFFÉ
    Foto VOXX CAFFÉ
    Está encontrado o primeiro vencedor da história da Superliga Bilharsinde júnior, competição que viu a luz do dia na presente temporada e que se destina a atletas com menos de 16 anos de idade. E a equipa que inaugurou a lista de vencedores foi a Associação Desportiva e Recreativa do Araújo (na imagem), a qual no passado dia 30 de abril concluiu a jovem competição organizada pelo Voxx Caffé com apenas uma derrota nas 18 jornadas disputadas!

    Passando agora para os mais graúdos, isto é para a Superliga Bilharsinde, é de recordar então que decorreu nesta primeira quinzena de maio a 1ª eliminatória da fase final das 1ª, 2ª, e 3ª Divisão da competição. No escalão maior a curiosidade reside no facto de, à exceção do combinado do Totta Academia de Bilhar, todos os dois primeiros classificados dos quatro grupos da 1ª fase terem vencido os seus respetivos encontros e desta forma seguirem rumo aos quartos de final da competição. No caso da equipa do Totta o carrasco foi o 3º classificado da Série D, o Topo do Pódio/Masterpool, na sequência de dois triunfos destes últimos nas duas mãos da eliminatória (10-6 / 7-6). Quartos de final da 1ª Divisão que começam já a ser jogados amanhã, dia 16, e que serão compostos pelos seguintes jogos: Academia Pedro Fonseca – Topo do Pódio/Masterpool; Clube Bilhar Salão Filipe – Academia Pedro Grilo; Senhor do Padrão – Coffe Break; e Café Sport – Academia de Bilhar da Trofa.

    Na 2ª Divisão o equilíbrio foi nota dominante na maior parte dos jogos da eliminatória, com as equipas que ganharam vantagens na 1ª mão a sentirem na 2ª mão enormes dificuldades para segurar a passagem à ronda seguinte. Foi o caso do Café Laser que no primeiro jogo derrotou no seu salão o Estrelas de Baguim/R por 11-5 e no segundo perdeu por 6-9, avançando para a ronda seguinte com um total de 17-14.

    Vitórias sofridas tiveram igualmente o Café S. Paulo//Drogaria das Oliveiras (eliminou o Núcleo Sportinguista de Gondomar com resultado positivo de 11-5 e um negativo de 6-8), o Ritual Caffé (afastou o Dom Pedro com resultado positivo de 12-4 e um negativo de 5-9), ou o C.B. Piri-Piri/Luciano (derrotou o C.B. S. José depois de um empate caseiro a oito e de uma vitória forasteira por 9-4). Os quartos de final deste escalão serão compostos pelos seguintes jogos:

    Café S. Paulo-Café Laser; Café Quinta Amarela-Ritual Caffé; Aqua Doce-C.B.Piri-Piri/Luciano; e Leixões-C.B. “O Sonho” “A”.

    Por último a 3ª Divisão, escalão em que, à semelhança da 2ª Divisão; se verificou um ou outro confronto mais equilibrado e cuja eliminatória foi discutida ponto a ponto. Foi o caso do duelo entre o Baguim do Monte e o Voxx C.B. “C”, que na 1ª mão teve um resultado de 11-5 favorável a esta última equipa e na 2ª um score a favor dos primeiros por 10-6, passando os do Voxx à ronda seguinte graças a um apertado 17-15 no total das duas mãos. O Café S. Brás “B” teve igualmente de dar muito gis aos seus tacos na 2ª mão do confronto com o União da Bela para anular a derrota trazida da 1ª mão (7-9), esforço que acabou por ser premiado com um triunfo por 10-5 que assim garantiu ao S. Brás o passaporte para os quartos de final. Ronda essa que terá os seguintes duelos: Café S. Brás “A” - Café S. António/CPC; Voxx C.B.“D” - Café S. Brás “B”; C.B. Piri-Piri/Relvas - Voxx C.B.“C”; e Paraíso da Cidade - Ermesinde SC/Salão Europa.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.