Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-07-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-03-2011

    SECÇÃO: Desporto


    BASQUETEBOL

    Seniores propagandistas continuam alheadas dos caminhos das vitórias

    A equipa de seniores femininos do CPN somou nesta derradeira quinzena do mês de Março mais dois desaires no Campeonato Nacional da 1ª Divisão de basquetebol, elevando assim para quatro o número de derrotas consecutivas na citada competição.

    O primeiro tombo deu--se no reduto da Escola Alberta Menéres, a 19 de Março, dia em que o CPN ali se deslocou para discutir os dois pontos referentes à 19ª jornada. Num encontro onde se previam enormes dificuldades para as pupilas de Agostinho Pinto, foram estas que começaram por colocar muitas dificuldades às actuais vice-líderes da prova. Superioridade cepeenista que no entanto não era assumida no marcador, como traduz o resultado de 18-16 ao intervalo a favor das anfitriãs.

    Na segunda parte, e quando se previa que o jogo continuasse marcado pelo equilíbrio, eis que uma série de acontecimentos estranhos aconteceram a beneficiar na esmagadora maioria das vezes a equipa da casa: desde substituições a meio de dois lances livres, violações de campo não assinaladas, paragens de jogo devido a problemas com os aparelhos em que a única informação que era dada às jogadoras era para que estas “aquecessem!”.

    Isto sem contar com o incrível critério que, em 30 minutos, possibilitou à equipa local dispor de 31 lances livres (!) – convertendo 16 –, enquanto que neste aspecto o CPN continuava com um impressionante registo de 100%, fruto de um lançamento convertido em um assinalado!

    O resultado no final do 3º período era de 36-22 a favor das locais. No último quarto e sabendo que o jogo estaria praticamente decidido e que a dupla de arbitragem dificilmente entraria nos “eixos”, as propagandistas deixaram o jogo prosseguir sem grandes sobressaltos, gerindo o esforço e o cansaço, acabando o resultado final por se cifrar num 49-26 a favor do conjunto da casa.

    No dia 26 jogou-se a ante-penúltima jornada (20ª) da competição, tendo o CPN recebido o 4º classificado, a Ovarense. Apesar da distinta classificação entre ambos os conjuntos previa-se um jogo muito equilibrado, tendo em conta a qualidade e a juventude dos dois plantéis, e foi precisamente isso que aconteceu do primeiro ao último minuto: um enorme equilíbrio.

    Com uma boa entrada o CPN colocou-se na frente do marcador durante toda a primeira parte (o 1º período terminou 18-16) graças a uma defesa pressionante e com acerto para lá dos ainda 6,25m (só na primeira parte as cepeenistas converteram cinco triplos), enquanto que a Ovarense respondia com ataques e transições rápidas, sendo que ao intervalo o marcador registava 35-33 a favor das locais.

    Na segunda parte o ritmo do jogo baixou e a Ovarense melhorou a sua percentagem de lançamento e passou para a frente do marcador, em parte devido a falhas defensivas do CPN, sendo que nos últimos minutos as visitantes souberam aguentar a pressão exercida pelas atletas da casa e acabariam por sair de Ermesinde com uma preciosa vitória de 59-63.

    Apesar destes maus resultados a equipa ermesindense continua em zona de garantir o acesso aos play-off, ou seja, encontra-se no 7º lugar com 28 pontos somados.

    Por: AVE/CPN

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.