Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 20-09-2009

    SECÇÃO: Arte Nona


    foto

    No tempo do Papa de Avignon

    Numa das suas iniciativas editoriais de parceria com as Edições ASA, o jornal “Público” lançou uma excelente colecção com os clássicos da revista “Tintin”.

    A colecção, diga-se, é desigual, e lado a lado com obras de entretenimento puro, surgiram algumas preciosidades relativamente às quais não é descabida uma breve referência. É o caso da obra de que nos ocupamos hoje, “Vasco”, de Gilles Chaillet, um fresco muito interessante que tem por tema o século XIV – uma época atormentada, sob o reino da peste e da cristandade dividida. O Papa reside então na cidade francesa de Avignon e não na mítica Cidade Santa de Roma.

    A iniciativa do “Público” levou à publicação de dois álbuns da série “Vasco”, “O Ouro e o Ferro” e “O Prisioneiro de Satanás”, agrupados num único volume. Refira--se que a editora portuense Edinter tinha já publicado estes álbuns, em 1987, a que se seguiram, no ano de 1988, “As Sentinelas da Noite” e “A Bizantina”. Mas a primeira edição da série em Portugal deu-se em Maio de 1982, na revista “Tintin”.

    A recente edição ASA/Público é de muito boa qualidade, com uma capa mate.

    Esta edição conta com a tradução de Pedro Cleto, a legendagem de Nuno Portugal, também responsável pela capa, a adaptação de Maria José Magalhães Pereira (editor responsável) e, finalmente, um texto introdutório de Carlos Pessoa a apresentar quer a série quer o seu autor.

    Diz Carlos Pessoa: «Na melhor tradição do género, o artista [Chaillet, um bom conhecedor da História Medieval e da Antiguidade] fez tudo para apresentar atmosferas credíveis, apostando na reconstituição minuciosa e exigente da época».

    Gilles Chaillet, desenhador e argumentista, nasceu em Paris, em 1946.

    Trabalhou para os estúdios da Dargaud, realizou muitas maquetes de revistas e aplicou cor em numerosas séries de BD, como “Tanguy e Laverdure”, “Achille Talon”, “Blueberry”, “Bob Morane” e outras.

    Colaborou com Albert Uderzo e substituiu Jacques Martin em 1976, no desenvolvimento da série “Lefranc”.

    É em 1980 que surge “Vasco”, obra de que é autor do cenário e do desenho. “Vasco” surge inicialmente como um álbum isolado, “Vasco – Le Petit Vasco Illustré“, a que se seguem “L’Or et le Fer” (“O Ouro e o Ferro”), publicada pela Dargaud em 1983.

    Depois surgem “Le prisonnier de Satan”, “La Byzantine”, “Les sentinelles de la nuit”, “Les barons”, “Ténèbres sur Venise”, “Le diable et le Cathare”, “Le chemin de Montségur”, “Poussière d'Ispahan”, “Les chiens de Bâhrâm Ghör”, “Le royaume interdit”, “Les princes de la ville rouge”, “Les fossoyeurs de Belzébuth”, “Sortilèges”, “Le fantôme de Bruges”, “Mémoires de voyages”, “La bête”, “Rienzo”, “Les ombres du passé”, “Le dogue de Brocéliande”, “Le clan Mac Douglas” e “La Dame Noire”, num total de 22 álbuns. Trata-se, pois, quer pelo tema, quer pela dimensão da série, de uma obra de grande importância na BD.

    Em “O Ouro e o Ferro” Chaillet dá início a uma saga situada em Abril de 1347. Dois cavaleiros olham de longe a opulenta cidade de Siena, até ali poupada à peste mas, por isso mesmo, de rigorosa quarentena, não permitindo a ninguém atravessar as suas portas para nela entrar.

    Vem depois uma história de interesses políticos muito cruzados, que decorre nos mais altos meios financeiros, diplomáticos e militares da Itália daquela época.

    O desenho de Chaillet, não deslumbrando, serve magnificamente o desenrolar dos acontecimentos, com uma brilhante reconstituição de cenários e paisagens medievais.

    Foi o número 8 da série editada pelo “Público” e a ASA, absolutamente a não perder.

    Uma última palavra para o autor: Gilles Chaillet é o argumentista de “Tombelaine” e “Quatrième Pouvoir”, e viu ser-lhe atribuído o Prémio Yellow Kid do Romacartoon em 2005, pelo conjunto da sua obra.

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.