Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 20-09-2009

    SECÇÃO: Destaque


    foto

    Coragem de Mudar reuniu os seus candidatos em Ermesinde

    O Fórum Cultural de Ermesinde registou uma enchente na noite do passado 5 de Setembro, data em que a candidatura independente Coragem de Mudar realizou o seu primeiro encontro de candidatos e apoiantes.

    Num acto onde foi bem visível o apoio popular à candidatura encabeçada por Maria José Azevedo, intervieram os cabeças-de-lista aos órgãos municipais (Câmara e Assembleia) e de Freguesia, bem como a representante da “Juventude Coragem de Mudar”, Sofia Marques, e o mandatário Casimiro de Sousa. Este último, ao ver o enorme entusiasmo da multidão que enchia a sala, gracejou dizendo que quem sabe se esta sua primeira experiência como mandatário de uma candidatura não seria uma profissão de sucesso no futuro. Mais a sério Casimiro Sousa elogiaria o trabalho de Maria José Azevedo na vereação da Câmara Municipal de Valongo, na sua voz uma vereadora activa, com coragem, sensatez, com uma atitude sábia, «a única de entre os da oposição que tem trabalho feito e provas dadas», sublinharia. Recordaria ainda que Maria José Azevedo, durante o seu mandato como vereadora, não fez somente críticas, apresentou também muitas soluções em prol da população do concelho de Valongo.

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    Seguiu-se-lhe a intervenção do cabeça-de-lista à Assembleia Municipal, Castro Neves, o qual elencaria uma série de competências deste órgão e a necessidade de que se mantenha independente face à Câmara, mesmo em caso de maioria nos dois órgãos da candidatura Coragem de Mudar.

    Posteriormente foi a vez dos cinco candidatos às Assembleias de Freguesia – Avelino Sousa (Alfena), Jorge Videira (Ermesinde), Manuel Dias (Sobrado), Eugénia Adão (em representação de Eusébio da Fonseca, o cabeça-de-lista da freguesia de Valongo), e Odete Dias (Campo) – usarem da palavra para não apenas mostrarem o seu apoio a Maria José Azevedo como também para descreverem um pouco os seus programas eleitorais às freguesias a que se candidatam.

    Por último, o discurso mais aguardado da noite, o de Maria José Azevedo, a qual, emocionada com todo o apoio demonstrado pelos presentes, começaria por sublinhar três pontos essenciais que levaram a que todos ali estivessem naquele momento: coragem, trabalho e determinação. «Foi precisa muita coragem para estarmos aqui. Foi preciso muito trabalho para chegarmos aqui. Foi precisa muita determinação para construirmos esta candidatura».

    Como curiosidade diria que a Coragem de Mudar havia sido a candidatura independente com a maior percentagem de assinaturas no país, face ao número de eleitores, além de ter sido a única candidatura no concelho capaz de preencher todos os lugares efectivos e suplentes das listas. Evocaria ainda o célebre discurso de Churchill em 1940, em plena II Guerra Mundial, o qual disse aos ingleses que nada tinha para lhes oferecer a não ser sangue, suor e lágrimas, tendo a candidata dito igualmente que nada tinha para oferecer aos valonguenses a não ser trabalho e mais trabalho.

    E foi precisamente isso que pediria aos restantes candidatos, bem como a todos os restantes apoiantes, trabalhar nas semanas que restam até ao dia 11 de Outubro, «pois temos uma eleição para ganhar», rematou a candidata.

    Findo este acto todos os presentes rumaram em caravana até à Escola Secundária de Ermesinde, local onde na altura decorria a Expoval.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.