Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2023
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 10-07-2009

    SECÇÃO: Destaque


    A carta de Luís Gouveia

    Ao Director Geral da Agência Portuguesa do Ambiente

    Em referência à Consulta Pública sobre a Quadruplicação da Linha do Minho entre Contumil e Ermesinde, publicada em “A Voz de Ermesinde” de 31 de Março de 2009, cuja fotocópia se anexa, respeitante ao Projecto da Política de Ambiente e do Ordenamento do Território, integrado na Avaliação do Impacto Ambiental (AIA), localizado na Junta de Freguesia de Ermesinde, e igualmente em Campanhã (Porto), Rio Tinto (Gondomar) e Águas Santas (Maia).

    Expomos, pela gestão e qualidade dos recursos naturais e protecção da qualidade de vida do Ambiente:

    1º - Em conformidade com o estudo técnico nesta zona, a constatar um alto nível de ruído existente;

    2º - A curta distância das residências, junto ao caminho-de-ferro – o que constitui um problema de desconforto sonoro;

    Que se construa uma banda acústica (de som), numa espécie de tabique ou cortina à passagem dos comboios, desde a linha de caminho-de-ferro que vai da saída da estação de Ermesinde, sobranceira ao bloco residencial (após o cruzamento para leixões, à Academia de Ensino Particular e Clinigandra, aos apartamentos residenciais, até à Ponte Capitão do caminho-de-ferro sobre a Rua Rodrigues de Freitas, ao lado da Travessa de Ermesinde.

    E o que se apresenta e se solicita, de acordo com o Decreto-Lei n.º 69/2000 (n.º 2 do Art.º 14º e Art,ºs 24, 25 e 26), de 3 de Maio, com as alterações do Decreto-Lei n.º 197/2005, de 8 de Novembro, sobre o Projecto em apreciação pela qualidade de saúde pública, a favor do Desenvolvimento Sustentável e do Ambiente.

    Luís António Gouveia

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.