Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 10-09-2008

    SECÇÃO: Destaque


    Notícias do Centro Social de Ermesinde

    Imagem do Centro Social foi renovada

    Fotos URSULA ZANGGER
    Fotos URSULA ZANGGER
    A imagem do Centro Social de Ermesinde foi completamente renovada e o seu logotipo (e derivados para as variadas valências) apresentado até numa sessão aberta a todos os colaboradores do Centro Social, que decorreu no Salão Nobre da instituição na noite do passado dia 9 do mês de Julho.

    O autor do novo logotipo é o designer Jorge Jesus que, sensibilizado com o alcance e objectivos do Centro Social de Ermesinde e conhecendo a sua dinâmica, aceitou de uma forma muito profissional, mas mesmo assim inteiramente solidária, oferecê-lo à instituição.

    Para trás fica o velho símbolo, clássico e institucional, mas um pouco pesado e já a acusar o peso dos anos, e no qual se representava através de um ninho, o carácter social da instituição, sendo o mesmo encimado por uma coroa que revelava o grau de “cidade” da localidade em que o Centro estava inserido.

    O novo símbolo gráfico será acompanhado pelo texto com a denominação da instituição ou da respectiva valência, se for o caso.

    O designer fez uma fundamentação dos conceitos que presidiram à renovação da imagem do logotipo, servindo-se para isso de uma apresentação multimédia.

    Jorge Jesus explicou os passos que levaram à definição final da imagem e na qual todos os elementos da denominação (e carácter) foram tidos em conta, designadamente os conceitos de “centro”, “social” e até “Ermesinde”.

    O designer concebeu a imagem final como o resultado da interpenetração gráfica de todos estes conceitos, como aliás pode ver-se pelos fotogramas apresentados nesta página.

    foto
    Jorge Jesus trabalhou a ideia de “centro” a partir de um alvo, com umas bem definidas áreas concêntricas, tendo um círculo interior como seu núcleo.

    A ideia de “social” foi desenvolvida pelo designer a partir do grafismo básico de um círculo, como forma que potencia a ideia de espaço em comum, da solidariedade, e menos o conceito de caridade, auxílio ou prestação de cuidados, que constituía certamente a primeira leitura do anterior logotipo do Centro Social.

    O conceito de “Ermesinde” desenvolveu-o Jorge Jesus a partir do mapa concelhio, isolando deste precisamente a mancha correspondente à freguesia de Ermesinde.

    Estes elementos gráficos isolados foram depois recombinados para formar uma unidade, assim nascendo o logotipo final do Centro Social de Ermesinde.

    Este logotipo do Centro Social, em geral, é depois multiplicado em várias declinações para cada uma das valências da instituição.

    Quer no caso do Centro Social de Ermesinde (geral), quer no caso das valências, uma a uma, o símbolo gráfico seria sempre acompanhado de um lettering, necessariamente idêntico quanto ao tipo de fonte usada, e precisando através da designação específica daquela e da cor utilizada, qual a origem do documento (ver logotipos na primeira página da edição em papel).

    O LOGOTIPO DO CSE

    E SUAS DIFERENTES

    DECLINAÇÕES

    foto
    Jorge Jesus idealizou logotipos para ATL/AEC, Centro de Animação e Ocupação, Centro de Formação, Clique Solidário, Centro Novas Oportunidades, Centro de Ocupação Juvenil, Creche, Creche Familiar, Jardim de Infância, Lar de S. Lourenço, Lavandaria, Pré-Escolar, Refeitório Comunitário, Rendimento Social de Inserção e, finalmente, Serviço de Apoio Domiciliário.

    Para todas as valências foi definido um perfil de cor personalizado, de acordo com as suas características próprias. Por exemplo, para a Lavandaria foi escolhida uma cor (definida, tal como em todos os casos, por um determinado perfil RGB), de tonalidade azul, fazendo recordar a água. Para o Jardim de Infância e Pré-Escolar, uma tonalidade de verde, simbolizando os verdes anos daqueles a quem se dirigem estes serviços, para a Creche e Creche Familiar, ainda um verde, mas mais suave que o anterior,.

    E regra geral, são, deste modo, determinadas as razões que levam à escolha de uma determinada cor para referenciar cada uma das diversas valências.

    Todo este processo se insere também na requalificação que tem vindo a sofer o Centro Social de Ermesinde.

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.