Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-07-2008

    SECÇÃO: Local


    1º Acampamento – Fraternidade de Nuno Álvares – Núcleo de Ermesinde

    Foto JACINTO MOTA
    Foto JACINTO MOTA
    O Monte da Idanha, em Meinedo (Lousada), foi o local escolhido para a realização do 1º Acampamento do Núcleo de Ermesinde da Fraternidade de Nuno Álvares, nos dias 11, 12 e 13 de Julho, com o lema "Um passado sempre presente".

    Na sua mensagem de abertura, o presidente da FNA de Ermesinde, Edmundo Queirós, disse que, sendo Meinedo o local mais uma vez escolhido para a realização de uma actividade da associação foi "sinal que sempre fomos bem recebidos".Desta vez não foi excepção, bem pelo contrário… na mente de cada um este sentimento ficou redobrado durante os dias do acampamento.

    Organizar e realizar um acampamento pela FNA de Ermesinde para os seus associados era a actividade que faltava a este núcleo, mas que agora realizou e na opinião de todos com êxito.

    As primeiras famílias acamparam logo no dia 11 e preparam a recepção para as restantes no dia seguinte. O segundo dia foi ocupado com a completa montagem de campo, a preparação de refeições para as quatro dezenas de participantes, passeios pedestres pelos locais circundantes do acampamento e a realização de vários jogos tradicionais escutistas e populares. À noite foi a vez de nos juntarmos, como antigamente, em reunião para convívio, não à volta da fogueira, porque tal é proibido, como todos sabemos, mas mesmo assim foi um bom momento onde revivemos as últimas actividades através de projecção de slides. Recebemos ainda a visita do Presidente Regional da FNA, Francisco Pinheiro.

    Na manhã do terceiro e último dia deste acampamento efectuou-se uma caminhada pela aldeia de Meinedo, organizada pelos dirigentes do agrupamento do CNE local, que nos levou a alguns locais que integram a rota do Românico do Concelho de Lousada, a Igreja Matriz, as pontes de Casais e de Espindo sobre o Rio Sousa e a casa de Vila Pouca. Nesta actividade ficou bem patente o espírito de bem receber dos dirigentes do CNE de Meinedo que, para alem da excelente organização pelo trajecto escolhido, ainda nos presentearam com uma simpática merenda para recuperarmos forças.

    Foi uma agradável surpresa. Pela tarde e com o mesmo espírito de alegria dos primeiros dias, o acampamento foi desmontado e depois da canção do Adeus o regresso a casa com a promessa de um dia lá voltar.

    Termino com um texto local, escrito há 70 anos sobre o Concelho de Lousada, ao qual pertence a aldeia de Meinedo: «Lousada a todos encanta e cativa (…) Há qualquer coisa de superiormente inefável neste ar leve que aqui se respira; nesta boa gente que, ao passar, nos saúda, e naqueles horizontes azulados que se afastam sem fim».

    Por: Jacinto Mota

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.