Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 29-02-2008

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL – CAMPEONATO DISTRITAL DA DIVISÃO DE HONRA – 23ª JORNADA

    Faltou eficácia ao Ermesinde

    Foto MANUEL VALDREZ
    Foto MANUEL VALDREZ
    Na recepção ao primeiro classificado da Divisão Honra da Associação de Futebol do Porto, entrou melhor na partida a equipa da casa que, através de um conjunto de boas jogadas, se foi aproximando, com algum perigo, da baliza adversária. Fruto desta pressão inicial, a equipa do Ermesinde acabou por se adiantar no marcador, na sequência de um pontapé de canto em que Hélio, livre de marcação, cabeceou com perigo, fazendo embater a bola na barra e depois Ricardo, na conclusão do lance, cabeceou para o fundo das redes, passavam 14 minutos do início do encontro.

    Como reacção ao golo, a equipa do Alpendorada mostrou um pendor mais ofensivo, acabando mesmo por chegar ao empate, decorridos 27 minutos de jogo, por intermédio de Toni, num golo de belo efeito que, com um remate de fora da área, fez ainda a bola bater, de ricochete, no poste direito antes de entrar.

    Pouco tempo após o seu primeiro golo, o Alpendorada consegue virar o resultado a seu favor, novamente por Toni, em mais um remate colocado, desta feita à entrada da grande área, correspondendo a um passe vindo da direita, rematando fora do alcance de João Miguel, estavam decorridos 33 minutos do encontro.

    A reviravolta no marcador acordou a equipa do Ermesinde, que voltou a pressionar o clube marcoense com a convicção de que podia voltar a marcar, mas foi ainda a equipa do Alpendorada que esteve próximo de ampliar a vantagem através de Roberto, em lance rápido de contra-ataque, finalizado com remate às redes laterais da baliza.

    Na etapa complementar o Alpendorada mostrou-se a formação mais ofensiva, voltando a marcar ao minuto 48, desta vez através do avançado Paulo, com um remate com conta, peso e medida.

    Tentou o Ermesinde reagir ao golo adversário, assumindo uma postura de ataque que, no entanto, esteve longe de se concretizar em qualquer golo.

    Quem não se fez rogado foram os visitantes que, aos 62 minutos, pelo seu “homem-golo” marcaram mesmo o quarto golo, somando assim o terceiro da sua conta pessoal.

    No restante tempo de jogo, o Ermesinde continuou a procurar a baliza do visitante, tendo, através de vários remates, assustado o guarda-redes Ricardo, porém, sem qualquer resultado prático.

    Até ao fim do jogo há ainda a registar um livre directo com muito perigo, aos 89 minutos, cobrado por Leça, que obrigou Ricardo a uma boa defesa.

    Acabou por vencer a equipa mais eficaz, o Alpendorada, que provou ser um conjunto mais maduro e letal nos lances de contra-ataque.

    Por: Luís Dias

    Nota: Os resultados e classificação desta competição podem ser consultados no link "Resultados Desportivos" da nossa edição on-line.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.