Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2023
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2007

    SECÇÃO: Destaque


    REUNIÃO DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ERMESINDE

    Ermesinde prepara o Dia da Cidade

    A apreciação do Relatório de Actividades da Junta de Freguesia de Ermesinde era, certamente, o ponto mais importante da última sessão da Assembleia de Freguesia de Erme- sinde, realizada no passado dia 28 de Junho. Reunião que decorreu com brevidade inabitual, e na qual ficou a pairar a próxima comemoração do Dia da Cidade, a 13 de Julho, com a atribuição das primeiras medalhas.

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    As comemorações do Dia da Cidade de Ermesinde, que vão ter lugar no Parque Urbano da cidade, no próximo dia 13 de Julho, marcaram a última sessão da Assembleia de Freguesia de Ermesinde.

    Para abrilhantar o Dia, haverá lugar a um espectáculo que contará com a presença dos grupos Clássicos de la Salsa e Helsar Dancers, foi anunciado na Assembleia.

    Haverá também uma sessão solene comemorativa, durante a qual serão atribuídas, pela primeira vez, as recentemente instituídas Medalhas da Cidade, destinadas a agraciar personalidades ou entidades que tenham honrado a vida da Cidade.

    Neste primeiro ano foi escolhido um conjunto de entidades colectivas de grande relevo na vida da cidade, e de inquestionável importância, além de personalidades cuja atribuição da Medalha se afigura mais controversa. Assim, os agraciados neste primeiro ano são o CPN – Clube de Propaganda da Natação, o CSE – Centro Social de Ermesinde, os BVE – Bombeiros Voluntários de Ermesinde, Alberto Taborda e Santos Rasteiro, os dois últimos, naturalmente a título póstumo.

    Durante a Assembleia, no período de antes da Ordem do Dia, usaram da palavra vários elementos da Assembleia, entre eles Juliana Silva, para saudar as melhorias introduzidas na organização da Festa da Santa Rita, na sequência das críticas por ela feitas à edição anterior, e denunciar o estacionamento indevido de pesados de mercadorias em zonas da cidade nas quais prejudicam claramente a circulação. João Queirós, da CDU apresentou à Assembleia requerimentos sobre as obras realizadas pela Junta com vista a melhorar as condições dos parques infantis da cidade e sobre a situação da 3ª fase da construção do edifício-sede da Junta de Freguesia de Ermesinde. Foi ainda apresentada uma recomendação sobre questões de segurança abrangendo as passagens pedonais sobre as linhas ferroviárias que atravessam a cidade.

    João Queirós também abordou uma questão relacionada com a presença de veículos de grandes dimensões na Rua Heróis de Chaimite, apesar de interdita a sua circulação no local.

    Armindo Ramalho saudou o «magnífico trabalho» dos escalões de formação do Ermesinde Sport Clube, que movimentam mais de 350 jovens e cujos resultados desportivos têm sido excelentes.

    Esgotado o período de intervenções antes da Ordem do Dia, e rapidamente aprovada a acta da reunião anterior, passou-se à discussão do Relatório de Actividades da Junta, salientando-se, curiosamente, as críticas e sugestões colocadas por Angelina Ramalho do PSD.

    foto
    A eleita social-democrata apresentou, em nome da bancada do PSD, um pedido, que voltava a fazer, porque tal ainda não tinha sido respondido, sobre os critérios de atribuição dos subsídios às escolas.

    Em resposta, a Junta esclareceu que tal atribuição dependia, mais ou menos, do número de salas de aula existente por escola.

    Angelina Ramalho sugeriu ainda que a informação do presidente da Junta a entregar aos elementos da Assembleia respeitasse os mesmos parâmetros de classificação que constavam no Plano de Actividades, para mais facilmente se poder seguir a sua execução.

    João Queirós, da CDU, comentou, mais ou menos positivamente, o facto da Junta de Freguesia demonstrar um equilíbrio financeiro, deixando contudo no ar uma crítica sobre as poucas iniciativas destas, reflectidas em exercícios nos quais se tem verificado até um [questionável?] superavit.

    Américo Silva, em nome do Executivo, fez lembrar que a principal preocupação da Junta era um objectivo de que todos comungavam, a conclusão das obras de construção da Junta de Freguesia – agora na terceira fase. Depois de resolvido este assunto, então a Junta poderia fazer muita coisa. Agora, era necessária prudência para que não se pusesse em risco esse objectivo.

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.