Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-04-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-05-2007

    SECÇÃO: Editorial


    foto

    Novas valências do Centro Social

    Numa cidade em crescimento como Ermesinde o Centro Social está atento à evolução da sociedade e parte neste momento com novas iniciativas, desta vez a pensar nos jovens, no seu enriquecimento cultural e cívico, tão necessário para a inclusão social, seja ela a nível da aquisição de novas competências, seja na procura e desenvolvimento de apetências e vocações, no apoio e desenvolvimento das actividades escolares, na socialização e integração de jovens com percursos mais difíceis, a que a escola não consegue dar resposta.

    Ermesinde, cidade da periferia de um grande centro, onde os jovens permanecem muito tempo sozinhos, onde muitas das famílias têm dificuldades de várias ordens, económicas, culturais, relacionais, é urgente e necessário apoiar e desenvolver todo o tipo de actividades que contribuam para o enriquecimento e desenvolvimento da nossa juventude.

    Combater as desigualdades, contribuir para a integração, passa pelo acesso à cultura e esta tem que fazer parte do nosso quotidiano.

    Conviver com a arte, nas suas variadas vertentes, contribui para o desenvolvimento da sensibilidade e da criatividade, qualidades fundamentais para enfrentarmos com sucesso o futuro que nos aguarda.

    Realizou-se em Lisboa no ano passado uma conferência Mundial da Educação Artística organizada pela Unesco onde foram apresentadas as conclusões de estudos e experiências realizadas nos últimos 25 anos e dessas conclusões saliento: «Estudos de investigação mostraram claramente que, para além da sua acção sobre a aquisição de conhecimentos, nomeadamente pelo estudo das artes e pela produção de obras, a educação artística desempenha um papel benéfico para os alunos, estimulando não só as suas capacidades intelectuais e pessoais, como o seu desenvolvimento social. É por esta razão que a educação artística poderia ser particularmente benéfica para os alunos que têm dificuldades em aprender e em se concentrar e que adoptam um comportamento de insucesso, estão desmoralizados e se encontram apanhados pela engrenagem das reprovações e do abandono escolar. Através da experiência das artes, alguns destes alunos podem ser levados a tomar consciência de que aprender é possível, a contornar as suas dificuldades escolares, a reencontrar confiança e estima pessoal e a integrar--se num grupo social e cultural».

    Mas a educação artística também ajuda a transmitir a herança cultural e artística dos povos e dessa forma «construir a diversidade cultural e o desenvolvimento sustentado sobre bases que permitam a expressão das artes e das culturas a uma escala local e nacional. Além disso, ao dar o devido lugar ao ensino das práticas artísticas nos locais de transmissão de conhecimentos (escola, instituições e centros culturais, centros de formação), este ensino torna-se, pela sua própria natureza, um verdadeiro instrumento de promoção dos valores éticos, sociais e estéticos».

    Por: Fernanda Lage

     

    Outras Notícias

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.