Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-05-2007

    SECÇÃO: Arte Nona


    Entretanto...

    III FESTIVAL INTERNACIONAL DE BD BEJA

    Está a decorrer o III Festival Internacional de BD de Beja, que tem lugar este ano, entre os dia 5 e 20 de Maio naquela cidade alentejana.

    O Festival espraia-se por vários locais da cidade, com o núcleo central na Casa da Cultura, mas com várias extensões na Casa das Artes – Museu Jorge Vieira, Conservatório Regional do Baixo Alentejo, Galeria do Desassossego, Museu Regional de Beja, Núcleo Visigótico – Igreja de Santo Amaro, Pousada de S. Francisco e Teatro Municipal Pax Julia.

    Fonte: http://kuentro.weblog.com.pt

    BD GALEGA NA BEDETECA DE LISBOA

    Foi inaugurada no passado dia 11 de Maio, na Bedeteca de Lisboa, a exposição “A Banda Desenhada Galega”, uma mostra retrospectiva sobre a evolução da banda desenhada na Galiza. Uma história protagonizada por mais de duas dezenas de autores e que incluiu muitos originais.

    A mostra está organizada em função de quatro períodos - Os pioneiros; O underground; A indústria; O presente – através dos quais se acompanha o evoluir da BD, o progresso que teve nos fanzines e revistas, que foram a sua principal fonte impulsionadora. A mostra parte dos anos 70, com as obras de Raimunda Patiño e Xaquín Marín, de marcado cunho político. A década seguinte está intimamente ligada ao movimento dos fanzines e das revistas. Foi um autêntico boom e muitos dos títulos então lançados são verdadeiras lendas como, “Can sin dono”, dirigido por Pepe Carreiro (Vigo); “Frente Comixario”, do Colectivo Pestiño (Ourense), “Valiundiez”, criada por Fausto Isorna, o comissário desta exposição. Estavam então criadas as condições para que a indústria editorial apostasse na bd. Essa é a grande marca dos anos 90 e Golfiño a sua maior produção. A viragem para o século XXI é, pois, concretizada por autores, editores e público com a confiança que assiste a todos os que são herdeiros de um “know how” adquirido com muitas experiências comuns e que se traduz em publicações de êxito como, “Barsowia” ou “BD Banda”. Entretanto, “La Historieta Gallega” prossegue sem fim à vista.

    A presença desta exposição em Lisboa, mais concretamente na Bedeteca de Lisboa, inseriu-se na Semana de Cultura Galega, que decorre de 11 a 17 de Maio, uma iniciativa da Cátedra de Estudos Galegos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e do Centro de Estudos Galegos da Universidade de Lisboa, com o apoio da Junta da Galiza.

    A exposição estará patente até 17 de Junho. Mais informação disponível no site da Bedeteca ou através do número de telefone 21 853 66 76.

    Fonte: http://www.bedeteca.com

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].