Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 28-02-2007

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL – CAMPEONATO NACIONAL DA 3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 18ª JORNADA

    Ermesinde vence mais uma "final" rumo à manutenção

    Depois do Vila Real, foi agora a vez do Alijoense ser ultrapassado na classificação geral pela equipa do Ermesinde. Um facto consumado no passado domingo (25 de Fevereiro), altura em que os ermesindistas bateram por 2-1 o conjunto de Alijó, em partida a contar para a 18ª ronda da competição.

    O clube dos Sonhos continua assim a galgar posições na tabela rumo à tão almejada manutenção na Série B do Campeonato Nacional da 3ª Divisão, sendo que após esta jornada ascendeu ao 12º lugar (trocou de posição com o Alijoense), encontrando-se agora mais perto de subir acima da linha de água com 18 pontos contabilizados.

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    O Estádio dos Sonhos voltou a ser palco de mais um duelo entre equipas a precisar de pontos como do “pão para a boca” de modo a fugirem aos lugares de despromoção. Dois conjuntos que à entrada para esta jornada se encontravam separados na tabela classificativa por apenas dois pontos, sendo que em caso de vitória um deles poderia dar um salto de gigante rumo à manutenção.

    Aguardava-se por isso um intenso e bem disputado jogo de futebol, prognóstico esse que durante 1ª parte acabaria por não se tornar realidade, uma vez que ambas as equipas proporcionaram aos espectadores que se deslocaram aos Sonhos um fraco espectáculo de futebol com muito poucos motivos de interesse.

    Uma das excepções, talvez a maior delas, ocorreu à passagem do minuto nove, altura em que o alijoense Eduardo falha aquele que seria um golo certo, visto que com a baliza totalmente aberta atirou a bola por cima da trave.

    Um cabeceamento sem grande perigo de Paulo, aos 19 minutos, e um remate de Alfredo Quaresma, ao minuto 30, que levou a bola a sair um tudo ou nada ao lado da baliza contrária foram os restantes lances dignos de algum registo numa equilibrada e fraca etapa inicial, como já referimos.

    No 2º tempo o nível do jogo subiu de uma forma significativa, tendo entrado melhor a equipa visitante que durante os primeiros 10 minutos desta etapa esteve uns furos acima em relação aos ermesindistas. Neste período o Alijoense criou três soberanas oportunidades de golo, tendo concretizado somente uma delas quando estavam decorridos 55 minutos, altura em que na sequência de uma boa jogada colectiva André Silva colocou a bola no fundo da baliza de Leão.

    foto
    Reagiria muito bem o Ermesinde a este tento forasteiro, e três minutos volvidos dispôs de uma grande penalidade a seu favor, a castigar uma mão do defesa Quinino dentro da área. Chamado à conversão do castigo máximo Joel permitiria a defesa do guardião Gato, tendo na recarga Ramalho sido mais rápido que os defensores contrários e feito o golo da igualdade. Ramalho que viria a sair do campo, devido a lesão, na sequência do choque com os defesas visitantes no lance do golo.

    Animados pelo empate os jogadores da casa partiram com tudo para cima do adversário, e cinco minutos volvidos chegariam ao golo da vitória, o qual surgiu na sequência de um auto-golo do infeliz Quinino, que aliviou uma bola bombeada para o interior da sua área para o fundo da baliza à guarda de Gato.

    Até ao final da partida os ermesindistas controlaram a seu bel-prazer o rumo dos acontecimentos, dispondo mesmo de três claras oportunidades de golo que poderiam, caso concretizadas, ter avolumado o marcador.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.