Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-12-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-11-2006

    SECÇÃO: Tecnologias


    Memória do Rato

    IBM APOIA AS MEDIDAS DO ACORDO MICROSOFT-NOVELLl

    Numa entrevista concedida ao Linux-Watch.com, o porta-voz mundial da Linux e do Open Source da IBM, Scott Handy, declarou que havia algumas vantagens e também desvantagens nesse polémico pacto.

    A IBM já está há algum tempo a dar suporte à interoperabilidade entre o Linux e o Windows e Scott aplaudiu os esforços para tentar facilitar esta tarefa. Este acordo significa que a Microsoft aceitou o facto de que o Linux é uma força do mercado que não pode ser parada.

    Fonte: http://www.noticiaslinux.com.br/nl1164591034.html

    COMUNIDADE LINUX PREPARA OFENSIVA CONTRA O ACORDO MICROSOFT-NOVELL

    No acordo que a Microsoft e a Novell celebraram recentemente, a Novell teve que pagar à Microsoft uma quantia que garantiria que os clientes da empresa não seriam processados pela Microsoft por violação de patentes. A comunidade livre está a tentar contestar esse acordo.

    O presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, afirmou que se os clientes comprarem Linux seja de quem for, com excepção da Novell, poderão enfrentar problemas.

    A Novell rebateu as críticas de Ballmer e afirmou que o Linux não deve nada à Microsoft.

    Hovsepian contestou ainda a afirmação, feita por Ballmer, de que o recente acordo de cooperação entre Novell e Microsoft é o reconhecimento de que as distribuições Linux infringem a propriedade intelectual da Microsoft».

    Fontes: http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI1260460-EI4795,00.html e http://info.abril.com.br/aberto/infonews/112006/21112006-1.shl

    PARLAMENTO FRANCÊS DECIDE ADOPTAR O LINUX

    A Assembleia Nacional da França anunciou, recentemente, que vai adoptar o sistema operativo Linux nos computadores daquele órgão.

    Debré afirmou ainda que o uso de software livre deve ser encorajado pelo Governo Francês. Na opinião do deputado, soluções em Linux representam uma alternativa importante para a Europa diminuir a sua dependência tecnológica.

    Fonte: http://info.abril.com.br/aberto/infonews/112006/23112006-8.shl

    RED HAT AFASTA HIPÓTESE DE ACORDO COM MICROSOFT

    Depois de estabelecer uma parceria com a Novell por forma a tornar compatíveis os sistemas operativos Windows e Linux, a Microsoft propõe agora estabelecer acordos semelhantes com outras empresas.

    A Red Hat já tornou, porém, claro que não aceita a possibilidade de uma aliança.

    Fonte: http://tek.sapo.pt/4L0/706774.html

    LANÇADO O LINUX MINT 2.0 (BASEADO NO UBUNTU)

    A distribuição Linux Mint é baseada na distribuição Ubuntu. Na verdade é uma versão customizada da mesma, com melhorias de visual, e inclui alguns softwares “sujos” (patenteados ou com tecnologia proprietária). Isso quer dizer que o Linux Mint já vem configurado para ler DVDs encriptados, com codecs de vídeo e pronto para tocar mp3.

    Fonte: http://lt.k1011.nutime.de/index.html

    CRIAR BACKUPS E RESTAURAR O DISCO COM g4u

    Como todo administrador de rede gosta e precisa, nada melhor do que ter uma imagem pronta dos computadores da sua rede, com tudo configurado. A reinstalação fica muito prática assim.

    Embora o nome seja Ghost For Unix, este programa tem suporte para a clonagem com sucesso de vários sistemas operativos, como: NetBSD, Linux, Novell Netware 4.11 e 5.1, Solaris/x86, Windows NT, 2000 e XP.

    Fonte: http://www.herbertdecarvalho.com /index.php?option=com_content&task=view&id=16&Itemid=2

    LANÇADO GOBOLINUX 013

    Foi anunciada recentemente a mais nova versão do GoboLinux, uma distribuição Linux alternativa.

    Ela é o resultado de mais de um ano de trabalho na infra-estrutura de compilação usada pela distribuição.

    O novo ambiente de construção do Live CD é altamente customizável, e a geração de pacotes foi revista com o uso de um ambiente dinamicamente gerado que isola o código fonte e as suas dependências durante a compilação.

    Com o GoboLinux não é necessário um gestor de pacotes porque o próprio sistema de ficheiros é o gestor de pacotes e cada programa se localiza no seu próprio directório. Português, Inglês, Francês, Alemão, Húngaro, Russo, são alguma das línguas usadas pela distribuição.

    Fonte: http://gobolinux.org

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.