Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-10-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online
    Capa da Edição Ermesinde Desportivo Destaque

    foto
    Foto MANUEL VALDREZ
    NACIONAL DA 3ª DIVISÃO DE FUTEBOL
    Ermesinde SC vence duelo de aflitos e sobe na classificação
    A equipa de séniores do Ermesinde deu no passado dia 4 de Fevereiro um passo importante rumo à manutenção na Série B do Campeonato nacional da 3ª Divisão após ter vencido no Estádio dos Sonhos o Vila Real por 3-2.
    Jogo este, referente à 16ª jornada da citada competição, que opôs frente a frente duas equipas que se encontram em situação aflitiva na tabela classificativa, sendo que os vilarealenses ocupavam à partida para este encontro a posição acima dos ermesindistas, com dois pontos de vantagem. Com a vitória dos verde-e-brancos as duas equipas trocaram posições, isto é, o Ermesinde saltou para a 13ª posição, agora com 15 pontos somados, ao passo que o Vila Real desceu para 14º posto.
    Entretanto, hoje à noite o clube dos Sonhos vai levar a cabo uma Assembleia Geral Ordinária, a ter lugar no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Ermesinde, pelas 20h30. Da Ordem de Trabalhos constam os seguintes pontos: Apresentação das Contas do Exercício de 2005; Discussão e aprovação das Contas do Exercício de 2005; Aprovação do Bilhete Suplementar para a presente época; e Eleição dos Corpos Sociais do Clube para o biénio 2007/09.

    Arquivo: Edição de 15-02-2007

    foto
    Foto MANUEL VALDREZ
    REFERENDO: Interrupção Voluntária da Gravidez
    “SIM” alcança vitória histórica
    – Vantagem de 20% sobre o “NÃO”
    – Abstenção foi menor mas ainda acima dos 50%

    Mais uma vez, neste segundo referendo sobre a interrupção voluntária da gravidez o eleitorado português não se apresentou massivamente nas urnas numa consulta directa, falhando o alvo dos 50% (com o referendo sobre a regionalização é a terceira vez que tal acontece) para que a votação tivesse um valor vinculativo. Apesar de tudo, nas circunstâncias particulares em que decorreu esta consulta popular, tal não tem um significado decisivo.
    Por um lado, o Governo tinha já previamente anunciado que faria cumprir a vontade do povo, fosse ela qual fosse; por outro, os resultados expressos nas urnas não deixam margem para dúvidas sobre o sentido de voto: o “SIM” ganhou com cerca de 20% de vantagem, o que é um número muito significativo, tendo em conta o melindre da questão em análise. A ter em conta, também, que a participação neste acto foi muito superior à do acto idêntico de 1998 e que o mau tempo assolou o País no dia da votação, afastando decerto muitos eleitores. E há ainda a questão do volume dos eleitores fantasmas, que alguns peritos estimam poder andar perto dos 10%. Nas contas finais, desta vez muito terá pesado o voto jovem, instruído e urbano, que desequilibrou a favor do "SIM".

    Na mesma quinzena realizou-se a habitual sessão pública da Junta de Freguesia de Ermesinde, a qual se debruçou, entre outras, sobre a questão do futuro ainda incerto do mercado de Ermesinde.
    Chegou também ao fim a mostra "Humor e Sociedade", resultado da sétima edição do festival internacional PortoCartoon.
    E "A Voz de Ermesinde" iniciou neste número uma rubrica fundamentalmente destinada à poesia, arte e criatividade jovem, mas no espírito aberto de não excluir quaisquer idades.


    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.