Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-12-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2006

    SECÇÃO: Cultura


    Mais S. João além de Sobrado

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    Jóia incontornável da riqueza cultural do concelho, o S. João de Sobrado não tem que se lhe compare, pela sua história, complexidade, inventiva, e testemunho de épocas perdidas no tempo.

    Mas, para além da comemoração anual sobradense, este ano o concelho teve festejos sanjoaninos diversos dignos de alguma menção, entre os quais salientamos mais uma edição das Marchas Populares de S. João promovidas pela Câmara, e que tiveram uma destacada participação de duas colectividades de Ermesinde – a Casa do Povo e a União Desportiva e Recreativa da Formiga, sendo esta a colectividade mais premiada do concelho.

    Além deste evento, realizado na passada noite de 17 de Junho, também a ARCA (Associação Recreativa e Cultural da Azenha) lançou, na noite de S. João, um balão sanjoanino com cerca de 12 metros, entre outros com o intuito de inscrever o feito no Livro de recordes do Guinness.

    O Largo do Centenário, no centro de Valongo, foi palco, no passado dia 17 de Junho, de mais uma edição das Marchas Populares de S. João de Valongo.

    foto
    No local desfilaram as rusgas das várias colectividades participantes, que este ano foram seis: Associação Cultural e Recreativa Vallis Longus, Associação Desportiva e Cultural Canários de Balselhas (“Melhor Musicalidade” e “Melhores Adereços”), Escola EB1 da Retorta, Casa do Povo de Ermesinde, Núcleo Cultural e Recreativo de Valongo e União Desportiva e Recreativa da Formiga (“Melhor Coreografia”, “Melhor Traje” e “Melhor Texto”).

    Do júri do concurso das Marchas Populares fez parte o conhecido estudioso das tradições populares do Porto Júlio Couto.

    Por sua vez, na noite de S. João, a ARCA, em Campo, fez subir, à quarta tentativa, o seu enorme balão, de cerca de 12 metros de envergadura, um feito devido ao engenho de um grupo de colaboradores (José Moreira, José M. Ribeiro, Leonor Moreira, José Ferreira, António Penido, Abel Silva e Amaro Fernandes). O lançamento ficou gravado em video, pretendendo a ARCA ver homologado o feito no Livro de Recordes do Guinness.

    Por: AVE

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.