Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 25-06-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-10-2023

    SECÇÃO: Desporto


    BASQUETEBOL

    Início promissor do CPN na sempre exigente Liga Feminina

    Foto CPN/BASQUETEBOL
    Foto CPN/BASQUETEBOL
    O CPN deu início no passado dia 1 de outubro à sua caminhada na edição de 2023/24 da Liga Feminina, o mais alto escalão do basquetebol de seniores femininos no nosso país. E volvidas cinco jornadas bem se pode dizer que o trajeto das cepeenistas (até à data do fecho da presente edição) está a ser muito positivo, já que contabiliza três vitórias e apenas duas derrotas, facto que faz com que a equipa da nossa cidade ocupe o 5.º lugar da tabela classificativa, em zona de acesso ao play-off.

    O CPN entrou na competição da melhor maneira, ao vencer em casa a turma da Quinta dos Lombos por 74-69, conjunto este que na semana anterior tinha vencido a supertaça portuguesa. Na 2.ª jornada, realizada no feriado de 5 de outubro assistiu-se a outro excelente jogo da equipa propagandista, que foi vencer ao difícil pavilhão do Esgueira, por 75-80, num ambiente difícil, mas em que o CPN conseguiu aguentar a pressão e sair de Aveiro com uma excelente vitória.

    A primeira derrota aconteceu no dia 8, em Ermesinde, altura em que o CPN recebeu as atuais campeãs nacionais desta Liga Feminina, o GDESSA do Barreiro (jogo da imagem). Foi uma partida menos conseguida por parte da jovem equipa ermesindense, que talvez se deixou contagiar por alguma euforia proveniente das vitórias inesperadas alcançadas nas duas primeiras jornadas, mas também pela qualidade do adversário que ganhou e dominou sempre o jogo, acabando por vencer com muito mérito por 75-42.

    No dia 15 de outubro o CPN fez uma longa viagem até ao Algarve para aí defrontar o Imortal na 4.ª jornada. Num campo difícil, onde as propagandistas nunca haviam vencido, o que aconteceu foi mais uma vitória para a turma de Ermesinde. Mais do que o triunfo, por 70-65, o CPN voltou a fazer uma excelente exibição.

    Por fim, no passado dia 21 foi a vez das também algarvias do Ferragudo visitarem a nossa freguesia, de onde saíram com uma vitória por 68-63. Foi uma partida que como inicialmente se previa foi pautada pelo equilíbrio, sendo que a título de curiosidade refira-se que a equipa visitante aqui estreou dois reforços de peso, uma atleta norte-americana e outra jogadora da seleção da Estónia. O CPN perdeu este encontro também fruto de alguns erros infantis que cometeu em momentos decisivos. No entanto, há também que referir que as propagandistas foram muito prejudicadas pelo trio de arbitragem, que com uma atuação a roçar o escândalo cometeu erros grosseiros em desfavor do conjunto da casa.

    Como já referimos o CPN ocupa a 5.ª posição da tabela, um desempenho digno de registo, tendo em conta, e como referiram os responsáveis pelo basket cepeenista ao nosso jornal, a equipa luta com armas muito diferentes dos outros clubes, «que são fortemente apoiados pelas câmaras municipais da sua região, tornando esta numa luta desigual. Mas mesmo assim o CPN vai tentando resistir para se manter na Liga. Não podemos deixar de agradecer às empresas que nos ajudam, dentro das suas possibilidades, e sem elas era impossível continuarmos. O nosso muito obrigado», sublinha o coordenador da secção, Agostinho Pinto. Na liderança desta Liga Feminina está, para já, o Esgueira, com 11 pontos somados, mas com mais um encontro realizado.

    E se a campanha das seniores tem sido positiva o mesmo acontece com os escalões de formação. Em sub-14, sub-16 e sub-18 femininos o clube conseguiu já o apuramento para a fase seguinte das respetivas etapas dos campeonatos distritais onde competem, ao passo que na variante masculina o CPN começa também a dar cartas. Os sub-16 tiveram uma primeira fase do respetivo campeonato distrital difícil, mas têm mostrado melhorias, ao passo que os sub-14 conseguiram neste mês duas vitórias consecutivas no seu campeonato distrital que perspetivam um futuro risonho. Resultados que acima de tudo consolidam o projeto do basquetebol masculino no CPN.

    Nunca é por demais esquecer que o clube de Ermesinde tem a vertente, digamos, de mini-basquete, ou seja, os escalões de sub-8, sub-10, e sub-12, quer na variante feminina, quer na variante masculina. Estes escalões têm marcado presença em várias concentrações e torneios particulares, sempre com muitos atletas. «Pena não estarmos a conseguir mais espaços para aumentar o número de atletas e condições de treino. Ainda por cima ficamos sem o espaço da Escola 2,3 de São Lourenço, onde tínhamos três espaços de treino em dois dias por semana, e que pelo facto de não ter tabelas nos está a criar um prejuízo enorme, quer em condições de treino, como no crescimento do mini-basquete. Esperemos que seja resolvido breve», dizem os responsáveis pela secção de basquetebol cepeenista.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].