Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 25-06-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-10-2023

    SECÇÃO: Saúde


    foto
    UMA QUESTÃO DE SAÚDE
    foto

    O frio deixa-nos doentes?

    O início do outono veio acompanhado por temperaturas que nos fizeram esquecer a mudança de estação mas, ao longo das próximas semanas, o esperado será que o frio comece a fazer-se sentir. E não há ano em que alguém não diga e/ou oiça que está doente “porque apanhou frio”, que a mãe ficou com gripe porque houve uma corrente de ar ou que o filho está com tosse porque saiu à rua transpirado. Mas afinal o frio causa doenças? Porque é que ficamos mais vezes doentes nos meses de outono/inverno?

    Sabemos que o nosso organismo necessita de uma temperatura corporal que ronda 35-37ºC para funcionar corretamente. Quando estamos expostos a um ambiente frio há, consequentemente, uma diminuição da temperatura corporal, o que pode reduzir a capacidade de resposta do corpo, nomeadamente, do sistema imunitário, tornando-nos mais suscetíveis à ação de agentes patogénicos. Por outro lado, o esforço do nosso corpo em manter a temperatura interna estável pode sobrecarregar órgãos essenciais, como o coração e os pulmões, agravando patologias já existentes.

    Entendemos, assim, que o frio em si próprio não causa doenças, mas a exposição ao mesmo, dependendo das condições e da duração, pode favorecer o aparecimento de infeções, principalmente, infeções víricas. Compreendendo isto, percebemos que as crianças e os idosos são mais suscetíveis uma vez que, por um lado, não têm tantas reservas a nível do organismo e, por outro, porque podem ter dificuldades na movimentação e comunicação.

    Para se proteger nesta altura mais fria deve ter em atenção a nutrição, a hidratação e o conforto térmico. Para isso, cumpra as seguintes recomendações:

    (...)

    leia este artigo na íntegra na edição impressa.

    Nota: Desde há algum tempo que o jornal "A Voz de Ermesinde" permite aos seus leitores a opção pela edição digital do jornal. Trata-se de uma opção bastante mais acessível, 6,50 euros por ano, o que dá direito a receber, pontualmente, via e-mail a edição completa (igual à edição impressa, página a página, e diferente do jornal online) em formato PDF. Se esta for a sua escolha, efetue o pagamento (de acordo com as mesmas orientações existentes na assinatura do jornal impresso) e envie para o nosso endereço eletrónico ([email protected]) o nome, o NIF e o seu endereço eletrónico para lhe serem enviadas ao longo do ano, por e-mail, as 12 edições do jornal em PDF.

    Mas se preferir a edição em papel receba comodamente o Jornal em sua casa pelo período de 1 ano (12 números) pela quantia de 13,00 euros.

    Em ambos os casos o NIB para a transferência é o seguinte: 0036 0090 99100069476 62

    Posteriormente deverá enviar para o nosso endereço eletrónico ([email protected]) o comprovativo de pagamento, o seu nome, a sua morada e o NIF.

    *Telma Lopes - Médica Especialista de Medicina Geral e Familiar, UCSP Matosinhos - Unidade Local de Saúde de Matosinhos

    *Catarina Rebelo - Médica Especialista de Medicina Geral e Familiar, UCSP Darque - Unidade Local de Saúde do Alto Minho

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].