Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-12-2020
Jornal Online

SECÇÃO: Saúde


foto
UMA QUESTÃO DE SAÚDE
foto

Um ano novo ... um “eu” novo?

Todos atravessámos o ano de 2020 a gerir desafios pessoais e daqueles que nos são mais próximos, desafios certamente diferentes de todos aqueles que já enfrentámos antes. O final do ano é uma época de balanço por excelência, durante a qual refletimos nas decisões, nas conquistas e nas dificuldades passadas no ano que em breve terminará. Que esta fase sirva de mote para nos enchermos de coragem e esperança para o ano novo que se avizinha e, também, que nos permita reservar tempo para nos cuidarmos e para cultivarmos dentro de nós a paz que gostaríamos de transmitir aos outros.

Cada vez mais nos apercebemos da importância da saúde mental, que anda de mãos dadas com a saúde física. É essencial que nos dediquemos a atividades que contribuam para o nosso bem-estar físico e mental, que não sendo medicamentos ou outras formas de tratamento, têm um impacto muito positivo na forma como nos sentimos.

Assim, aproveite este período para se reaproximar das pessoas importantes para si, mesmo à distância, usufruindo das vantagens da tecnologia que atualmente temos ao nosso dispor. As relações que mantemos são relevantes para o nosso bem-estar mental, ajudando a criar uma sensação de pertença, valor próprio e vida em comunidade. Proporcionam suporte em períodos mais árduos e permitem-nos, também, apoiar os outros reciprocamente. A criação de novas ligações com pessoas que não conhecemos, dando um pouco do nosso tempo, quer através de voluntariado ou de um novo hobbie, por exemplo, permitem o desenvolvimento de emoções positivas e completam outras atividades rotineiras do dia-a-dia, ajudando a dar um sentido à vida. Viver mais no presente e estar mais presente são, também, aspetos que devemos ter em conta diariamente, mas que são frequentemente silenciados perante a azáfama do quotidiano. Meditar, passar mais tempo consigo próprio, caminhar na natureza, brincar com o seu animal de estimação, preparar uma refeição do seu agrado – todas estas atividades permitem um período de introspeção, tranquilidade e desenvolvimento da nossa autoestima e autoconhecimento.

Acreditamos que num futuro próximo nos sentiremos mais livres e fisicamente próximo daqueles que nos são mais queridos – até lá, por que não aproveitar este período para se conectar, também, consigo próprio?

Desejamos um ano de 2021 com novos ventos, novas oportunidades e, principalmente, muita saúde!

Telma Lopes

- Médica Especialista de Medicina Geral e Familiar, Matosinhos

Catarina Rebelo

- Médica Interna de Medicina Geral e Familiar, Matosinhos

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.