Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-10-2020

    SECÇÃO: Política


    PS vota contra proposta da CDU para a renegociação do preço da água em Valongo

    foto
    No passado dia 30 de setembro, a CDU propôs na Assembleia Municipal (AM) uma recomendação para que fosse dado início ao processo de renegociação do preço da água em Valongo.

    A proposta chumbada foi a seguinte:

    Recomendação:

    Em 2017, após o 3.º aditamento ao contrato de concessão dos Serviços de Água e Saneamento, a água em Valongo passou a ter em termos de acessibilidade económica uma avaliação de Mediana, querendo isto dizer que este bem essencial e fundamental para a vida das pessoas, passou a ter um encargo não suportado por todos os Valonguenses, dado o rendimento médio disponível por família.

    Na altura, a CM de Valongo, negou esta avaliação feita pela ERSAR, afirmando que melhoria da vida dos Valonguenses não seria de 1% como esperava a ERSAR, mas sim entre 3% a 4%. E com isto, a CM de Valongo afirmava que os custos dos aumentos da água seriam diluídos na melhoria da qualidade de vida dos Valonguenses. Claramente, a previsão da CM de Valongo não se concretizou e hoje os Valonguenses estão a fazer frente a uma crise económica sem precedentes e a aumentos escandalosos da fatura da água.

    Para além do aumento do m3 de água que ultrapassa os 3%, também a TRSU aumentou em mais de 6% e o saneamento em mais de 7%, para não falar na tarifa de disponibilidade cujo aumento ultrapassa os 16%.

    Mas os aumentos não ficarão por aqui, de acordo com o 3.º aditamento, o tarifário aumentará até 2023. E em 2023, a empresa águas de Valongo poderá voltar a solicitar novos aumentos, já que ao contrário do sugerido pela entidade reguladora, continuou a fazer parte do contrato a clausula que permite à empresa pedir um novo aditamento se os seus lucros não estiverem em linha com o previsto.

    Assim, a AM reunida em 30 de setembro de 2020 recomenda que a CM de Valongo inicie um processo negocial com a empresa Águas de Valongo com objetivo de redução dos custos da água e saneamento em Valongo, baseado no facto das previsões de crescimento da economia não se encontrar em linha com a previsão que esteve na origem dos valores acordados no 3.º aditamento.

    CDU Valongo

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.