Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2020
Jornal Online

SECÇÃO: Local


NO ÂMBITO DO PROJETO “SAIBREIRAS, PINTAR O FUTURO”:

Polidesportivo do Bairro das Saibreiras tem nova vida graças à intervenção dos jovens moradores no local

foto
Há cerca de um ano demos conta, numa reportagem, do projeto “Saibreiras, Pintar o Futuro”, implementado pela Associação Helpo, em parceria com a Vallis Habita, EM, a Associação Ermesinde Cidade Aberta (ECA) e a Junta de Freguesia de Ermesinde (JFE), o qual tem como finalidade trabalhar os sonhos e motivações dos jovens e residentes no Empreendimento de Habitação Social das Saibreiras, em Ermesinde, dando-lhes oportunidade de dar significado às suas experiências e demonstrando que através da arte podem expressar-se e deixar a sua marca no citado bairro. Ademais, este é um projeto que tem igualmente por objetivo prevenir e reduzir comportamentos de risco de crianças e jovens neste empreendimento de habitação social da nossa Cidade. Pois bem, um ano depois voltamos ao Bairro das Saibreiras para testemunhar o término da primeira edição do referido projeto, culminado com a pintura urbana do polidesportivo/rinque daquele empreendimento social que confere uma nova e alegre vida a este espaço onde os jovens habitantes do local passam grande parte do seu tempo livre.

Presentes na inauguração da nova imagem do polidesportivo como resultado da intervenção deste grupo de 10 jovens com idades maioritariamente compreendidas entre os 12 e os 18 anos, estiveram, entre outros, os presidentes da Câmara Municipal de Valongo (CMV) e da JFE, respetivamente José Manuel Ribeiro e João Morgado, bem como representantes da Helpo e dos parceiros envolvidos no projeto.

A tarde foi pois de festa, com música, dança, demonstrações de patinagem, etc., atividades levadas a cabo pela mão do entusiasmado e orgulhoso grupo de jovens que deu vida ao projeto. Jovens que ainda antes de passar a palavra aos convidados deixaram bem vincado que com este trabalho pretenderam, ou pretendem, ter um papel mais ativo no seu bairro, pretendem deixar uma marca, como sublinharam. Uma atitude que foi aplaudida pelo presidente da CMV, que na sua breve alocução parabenizou a Helpo pela ideia, ao que se seguiu um agradecimento a esta organização não governamental (ONG) e aos restantes parceiros envolvidos no projeto, «porque são estes projetos que também dão sentido à nossa comunidade», frisou o autarca ao mesmo tempo que mostrava a disponibilidade da câmara em colaborar com novas iniciativas como esta.

AÇÃO QUE VALORIZOU

O BAIRRO

foto
Também João Morgado usaria da palavra, começando por agradecer aos jovens que deram vida a este projeto iniciado em outubro do ano passado. «Sem vocês isto não teria sido possível, era importante dar-vos voz, e por isso quero dar-vos os parabéns pelo que têm conseguido até agora», frisou o autarca que ali estava igualmente enquanto representante da Vallis Habita. Agradecendo ainda o papel da Helpo e dos restantes parceiros envolvidos na concretização deste trabalho, o presidente da Junta sublinhou mais à frente que esta autarquia está disponível para continuar a apoiar projetos como este, lembrando ainda que os jovens só conseguem melhorar o local onde vivem através de uma intervenção direta, como esta, com projetos deste género. «Espero bem que vocês sejam a mensagem para outros jovens de outros empreendimentos sociais onde há meninos e meninas como vocês que bem podiam com a ajuda da Helpo ou de outra ONG conseguir projetos deste género, porque isto melhora o visual do empreendimento, melhora as condições de vida das pessoas, e a vocês traz-vos para o seio uns dos outros, não se isolam, passam a funcionar em bloco, e quando nós funcionamos em bloco, em equipa, ocupamos muito melhor o nosso tempo, e damos o nosso tempo por muito bem gasto. Venham novos projetos destes», concluiu João Morgado.

“VIAGEM" QUE VAI CONTINUAR

foto
Presente esteve igualmente a Diretora Regional do Norte da Helpo, Sílvia Nunes, que agradeceu a todos os parceiros envolvidos no projeto, convidando-os desde pronto a levar por diante uma nova parceria numa segunda edição do mesmo. Agradecimento estendido aos 10 jovens que integraram esta iniciativa da Helpo, sublinhando que com este trabalho eles estão a tornar as Saibreiras «num Mundo e num bairro bem melhor».

O nosso jornal trocou posteriormente algumas palavras com Sílvia Nunes, que em jeito de balanço começou por dizer que o resultado final fala por si. «Temos aqui a concretização de um sonho de vários miúdos, que era efetivamente melhorar este local, o polidesportivo do bairro, que estava muito desvalorizado. O que eles fizeram foi um trabalho de várias sessões, e valorizaram o sítio onde eles passavam mais tempo».

A dirigente da Helpo adiantou ainda que está prevista uma segunda edição do projeto, também a ser desenvolvida no Bairro das Saibreiras, não só com estes jovens mas com outros que entretanto manifestaram interesse em participar, «porque isto serviu também para que outros jovens que não conheciam o projeto se aproximassem, e neste momento já temos mais jovens a querer fazer parte do projeto».

(...)

leia esta reportagem na íntegra na edição impressa.

Nota: Desde há algum tempo que o jornal "A Voz de Ermesinde" permite aos seus leitores a opção pela edição digital do jornal. Trata-se de uma opção bastante mais acessível, 6,00 euros por ano, o que dá direito a receber, pontualmente, via e-mail a edição completa (igual à edição impressa, página a página, e diferente do jornal online) em formato PDF. Se esta for a sua escolha, efetue o pagamento (de acordo com as mesmas orientações existentes na assinatura do jornal impresso) e envie para o nosso endereço eletrónico (avozdeermesinde@gmail.com) o nome, o NIF e o seu endereço eletrónico para lhe serem enviadas ao longo do ano, por e-mail, as 12 edições do jornal em PDF.

Mas se preferir a edição em papel receba comodamente o Jornal em sua casa pelo período de 1 ano (12 números) pela quantia de 12,00 euros.

Em ambos os casos o NIB para a transferência é o seguinte: 0036 0090 99100069476 62

Posteriormente deverá enviar para o nosso endereço eletrónico (avozdeermesinde@gmail.com) o comprovativo de pagamento, o seu nome, a sua morada e o NIF.

Por: Miguel Barros

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.