Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2019
Jornal Online

SECÇÃO: Saúde


foto
UMA QUESTÃO DE SAÚDE

Picada de peixe-aranha: sabe o que fazer?

Os peixes-aranha são peixes de cor acastanhada, que apresentam espinhos venenosos no dorso e nas barbatanas. Escondem-se habitualmente por baixo da areia, ficando apenas com os olhos de fora, sendo, por isso, muito difíceis de detetar.

São peixes muito comuns na costa portuguesa, principalmente na região sul, pelo que, no verão, são muitos os banhistas presenteados com uma picada, quando os calcam inadvertidamente. A picada provoca, essencialmente, dor intensa, sendo rara a ocorrência de reação graves. Em caso de picada, e caso o espinho seja visível, deve ser retirado o mesmo e proceder à desinfeção do local. De seguida, deve colocar-se o local da picada em água tão quente quanto possível (ideal superior a 40ºC, tendo cuidado para não provocar queimadura) durante a primeira hora após a picada. A alta temperatura vai ajudar a amenizar a dor, uma vez que o veneno se decompõe com o calor. Analgésicos em spray, como por vezes se vê a serem colocados pelos nadadores salvadores, não têm interesse, estando mesmo contraindicados nestes casos.

foto
Caso a dor diminua com o tratamento de calor, e não existam mais sintomas, não é necessário ser avaliado por um profissional de saúde. No entanto, caso surjam sintomas como náuseas, vómitos, dor intensa e constante no local, zona da picada muito endurecida, febre, cefaleias (dores de cabeça), hipersudorese (suor excessivo), falta de ar ou convulsões, deve procurar rapidamente ajuda especializada. Ligue 800 24 24 24 se tiver alguma dúvida, ou 112 em caso de reação grave.

Por: Telma lopes*

*Médica Interna de Medicina Geral e Familiar

 

Outras Notícias

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.