Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2019

    SECÇÃO: Local


    NOTICIAS DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE ERMESINDE

    Universidade Sénior de Ermesinde levou a cabo a sua III Semana Aberta

    Fotos USE
    Fotos USE
    Por contingências várias, este ano reduzida a três dias, sem todavia perder o brilhantismo das edições anteriores, a Universidade Sénior de Ermesinde (USE) levou a efeito nos dias 11, 12 e 13 no Auditório da Junta de Freguesia, a sua III Semana Aberta.

    Esta iniciativa, que encerra o ano académico dando a conhecer a toda a comunidade, algum do trabalho desenvolvido, nas diversas disciplinas, ao longo do ano letivo, é sobretudo uma festa, para a qual conta também com a presença de grupos amigos.

    Coube ao professor Manuel Dias, vice-presidente da Direção, abrir esta Semana Aberta, saudando e agradecendo a presença de todos, Direção, professores, convidados e particularmente os alunos, sem os quais, disse, não haveria universidade. Formulou de seguida votos de uma excelente semana, ao nível dos anos anteriores, com muita alegria e animação. E estes atributos, como se veio a verificar, não faltaram.

    foto
    Os primeiros a entrar em cena, foram os “Jograis do Leça” com o espetáculo “Azul e Lágrimas”, recentemente estreado na Escola Secundária de Ermesinde, com pleno êxito. Êxito que se repetiu neste Auditório.

    Com suporte vídeo e vagueando pelas palavras de autores tão díspares como António Botto, Caetano Veloso, Sophia, Carlos Paião, Camões, Fernando Pessoa, Zeca Afonso (Canção do Mar), David Mourão Ferreira (Barco Negro) e José Régio (Fado Português), estes três últimos cantados, este espetáculo foi uma viagem, pelo mar, à época de ouro da história de Portugal – os Descobrimentos – enaltecendo a coragem e abnegação, mas não esquecendo o sofrimento, dos homens de então. Trata-se de uma excelente dramatização dos “Jograis do Leça” que para além de contribuir para não deixar esquecer esse importantíssimo período da nossa História, pode ajudar a compreender melhor essa gesta portuguesa que não foi só brilho e riqueza, pois também trouxe muitos dissabores, mortes e lágrimas.

    foto
    Ainda os aplausos se ouviam, já entravam em palco os alunos de Viola I e Viola II, liderados pelos professores Gaudêncio e Canises. Com uma atuação muito do agrado do público, que mostrou essa satisfação ao exigir “mais uma…”

    De bom humor e boa disposição foram os momentos seguintes protagonizados pelo professor Almeida Santos e os seus alunos de Italiano, que contaram com as gostosas gargalhadas da assistência.

    Foi a vez de entrarem em palco os primeiros convidados: a Universidade Sénior Rotary de Valongo, com o seu grupo de Danças Modernas. O colorido e alegria destes seniores, depressa passou para a plateia, que não se fez rogada e retribuiu com generosos aplausos.

    (...)

    Por: Alfredo Silva

    Leia esta notícia na íntegra na edição impressa.

    Nota: Agora pode tornar-se assinante da edição digital por 6 euros por ano. Após fazer o pagamento (de acordo com as mesmas modalidades existentes na assinatura do jornal impresso) deverá enviar-nos o nome, o NIF e o seu endereço eletrónico para lhe serem enviadas, por e-mail, as 12 edições em PDF.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.