Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2019

    SECÇÃO: Destaque


    Oficina de Promoção do Brinquedo Tradicional Português já tem financiamento garantido

    Foto CMV
    Foto CMV
    A Oficina de Promoção do Brinquedo Tradicional Português já tem financiamento garantido e as obras vão avançar em breve em Alfena. A CCDR-N aprovou no dia 6 de junho a candidatura aos fundos comunitários necessários para garantir a execução do projeto da Oficina de Promoção do Brinquedo Tradicional Português, com um valor global previsto de 2,5 milhões de euros e que permitirá também requalificar e valorizar a antiga Escola de Cabeda, que é propriedade do Município de Valongo.

    «Temos muita esperança neste projeto que vai associar a modernidade à memória e à tradição e que será mais um importante contributo para reforçar a estratégia de afirmação do concelho de Valongo não só na região, mas também no País e no Noroeste Peninsular», sublinhou José Manuel Ribeiro, presidente da Câmara Municipal de Valongo, referindo que o arranque do projeto que está já contemplado no orçamento municipal só estava dependente da aprovação da candidatura aos fundos comunitários, «pois só desta forma é possível avançar com uma obra desta envergadura».

    De acordo com o autarca, «a Oficina de Promoção do Brinquedo Tradicional Português é um projeto antigo, uma reivindicação, de toda a comunidade e que envolve contributos quer das autarquias locais quer dos artesãos e industriais. O Brinquedo Tradicional Português é uma das logomarcas do Município de Valongo. Sejam de madeira, metal ou plástico injetado, os brinquedos de outros tempos, que se fabricaram e ainda fabricam não só em Alfena mas também em Ermesinde, não deixam ninguém indiferente».

    A futura Oficina de Promoção do Brinquedo Tradicional Português terá trabalho ao vivo permanente, um núcleo de indústrias criativas ligadas ao brinquedo didático de madeira e serviços educativos.

    «O objetivo é dar a conhecer o património material e divulgar também o património imaterial juntando os que criaram e recriam os objetos, para incentivar partilhas intergeracionais. O brinquedo tradicional está vivo na memória de todos nós. O nosso objetivo é despertar recordações e pôr toda a gente a brincar», salienta José Manuel Ribeiro.

    Inspirado nas formas geométricas, o espaço incluirá também uma galeria, bem como uma sala multiusos com 50 lugares e a envolvente será adaptada para encontros de colecionadores, workshops, arranjo de peças, atividades de dinamização através da ação das indústrias criativas e exposições temporárias de espólios pessoais. Serão recriados ambientes oficinais associados ao brinquedo de chapa e plástico e será incluído espólio museológico inusual.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.