Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-09-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-03-2019

    SECÇÃO: Desporto


    AUTOMOBILISMO

    Campeonato de Portugal de Trial 4x4 arrancou em Valongo

    Foto FPAK
    Foto FPAK
    Arrancou em Valongo no passado dia 10 de março a edição de 2019 do Campeonato de Portugal de Trial 4x4. Vinte e cinco equipas participaram numa prova que foi organizada pela FPAK – a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, e que contemplou uma lista de inscritos extensa e com pilotos de enorme valor vindos de vários pontos do continente mas também da Madeira. De acordo com a organização, o facto de o campeonato nacional da modalidade ter o seu início na sede do nosso concelho «já é uma espécie de tradição. A capital do desporto outdoor tem todas as condições para a prática da modalidade, com as belíssimas serras, acessibilidades muito boas e um público entusiasta. Ingredientes mais do que suficientes para um arranque promissor de um campeonato que está cada vez mais forte, sobretudo depois da passagem para a alçada da FPAK», disseram.

    Quanto à competição na pista, propriamente dita, depois de três horas verdadeiramente duras levou a melhor o campeão absoluto da modalidade, Cláudio Ferreira (da equipa Auto Higino), que em Valongo confirmou o favoritismo. Liderou desde cedo e com onze voltas venceu na classe Super Proto e em termos Absolutos.

    Na classe Proto, Marcelo Lopes (da Team Lucrofusão) chegou, viu e venceu. Depois de um ano de ausência do campeonato, o ex-navegador chegou a Valongo acompanhado pelo experiente Miguel Costa e deu muita luta ao campeão. Ficou em segundo lugar em termos Absolutos e venceu a Proto.

    Já Carlos Gomes (da Team Rafael e Gomes) estreou-se no Campeonato Portugal de Trial 4x4 e não podia pedir melhor para o arranque. Venceu a classe Extreme com mais duas voltas do que o segundo classificado.

    Na Promoção o bicampeão de 2016 e 2017, João Fernandes, voltou à competição e mostrou que ainda não perdeu o jeito. Venceu com uma enorme vantagem e mostrou já à partida deste campeonato que veio para ganhar.

    Destaque ainda para a participação de Carlos Martins e João Pinto (da Reciclopeças Team) na classe TV/Buggy. Terminaram a resistência com sete voltas ao circuito.

    Em 2019 estarão também em pista veículos menos preparados, sem roll-bar, que competem na classe FUN. Tiago Costa (Superprint) foi o vencedor.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.