Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 28-02-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-12-2018

    SECÇÃO: Local


    NOTÍCIAS DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE ERMESINDE

    Natal na união, na Senhora da Hora

    GRUPO CANTIGAS D' OUVIDO DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE ERMESINDE EM ATUAÇÃO NA SENHORA DA HORA
    GRUPO CANTIGAS D' OUVIDO DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE ERMESINDE EM ATUAÇÃO NA SENHORA DA HORA
    Este é o curioso nome dado pela União das Freguesias de São Mamede de Infesta e Senhora da Hora, às diversas iniciativas por si programadas nesta quadra natalícia, para uma das quais, o Grupo Cantigas d’Ouvido da Universidade Sénior de Ermesinde foi convidado a participar.

    Numa noite fria e chuvosa, a convidar mais ao remanso do lar do que a saídas, realizou-se no passado sábado dia 15, na Cripta da Igreja de Senhora da Hora, um serão que contou também com a participação do Coral da Senhora da Hora, de cujo presidente, Fernando Albuquerque, partiu o convite.

    Dadas as boas vindas e após os cumprimentos e saudações habituais, coube ao professor Manuel Friães e aos seus pupilos, iniciar este encontro, que se viria a revelar muito animado e agradável.

    Tendo como base as recolhas feitas, entre outros, por Giacometti, Lopes Graça e António Sardinha, o grupo percorreu uma parte significativa do território nacional e dos seus cantares tradicionais:

    de NATAL, “Bersos ao Menino”– Minho; “Alegrem-se os Céus e a Terra”– Douro; “Nana, nana, meu Menino”– Minho; “Menino Jesus”– Estremadura; “Beijai o Menino”– Trás-os-Montes;

    de CONSOADA, “Menino Jesus dos Rapazes”–Beira Baixa;

    de BOAS FESTAS, “Barca Brasileira”–Douro;

    de REIS, “Pastores qu’ andais na serra”– Douro; “Bimos-le cantar os Reis”– Minho; “Reis”– Trás-os-Montes; “Reis”– Minho;

    de JANEIRAS, “Janeiras”– Beira Baixa.

    CORAL DA SENHORA DA HORA EM ATUAÇÃO NO NATAL DA UNIÃO
    CORAL DA SENHORA DA HORA EM ATUAÇÃO NO NATAL DA UNIÃO
    Sempre muito aplaudidos e nos temas mais conhecidos, acompanhados a preceito pela assistência, a USE e as suas Cantigas d’Ouvido, deixaram atrás de si um bom cartel.

    Isso mesmo realçou o membro do executivo da Junta de Freguesia, que não poupou elogios à atuação a que acabara de assistir. Mostrou-se ainda admirado com o número e entusiasmo dos assistentes, numa noite, como já se disse, de temporal e com outras iniciativas a decorrer ao mesmo tempo, na freguesia.

    Debaixo da direção do Maestro David Araújo, foi a vez do Coral da Senhora da Hora subir ao palco. Autênticos poliglotas, iniciaram a sua prestação com um espiritual negro, a que se seguiu “El Pequeño tamborilero” e o sempre emocionante “Va pensiero”(coro dos escravos da ópera Nabuco de Verdi). Após a “Avé Maria” de Schubert, ouviu-se a “Aleluia”, do Padre Ângelo Fasciolo, que, ao que parece, pisou terras da Senhora da Hora. Sempre escutados com muita atenção e generosamente aplaudidos, os da casa, continuaram a sua atuação, desta vez acompanhados pelo público, já que se cantava em português, o conhecido “Linda Noite de Natal”. Apesar de já ter “ameaçado” terminar, o Maestro foi “forçado” a continuar, desta vez com a “Aleluia”de Leonard Cohen (cantada em Português). Porém, antes de por fim à atuação do Coral, esmerou-se no ensaio da assistência, para que esta pudesse acompanhar os artistas em palco, cantando a plenos pulmões, o refrão:

    É NATAL É NATAL É NATAL É NATAL

    É-nos nascido um rei divinal

    A noite não terminaria, sem novo encontro. Este à volta da mesa, onde para além de recompor energias, houve oportunidade para felicitações mútuas e promessas de em breve, repetir este proveitoso convívio.

    Alfredo Silva

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.