Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-12-2018
Jornal Online

SECÇÃO: Destaque


NA PRESENÇA DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA

Autarquia e Estado assinam contrato para a instalação da nova esquadra da PSP de Valongo

Foto CMV
Foto CMV
Foi assinado no dia 13 de dezembro o Contrato de Cooperação Inter-administrativo para reinstalação da esquadra da PSP de Valongo, numa cerimónia decorrida nos Paços do Concelho e que contou com a presença da Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto.

Este contrato vem assim resolver um problema que se arrasta desde 1991, através da transformação do antigo Mercado Municipal de Valongo numa nova esquadra, para substituir as atuais instalações na Rua Joaquim Marques dos Santos, que além de estarem degradadas são desajustadas para as funções das forças de segurança, conforme foi lembrado no decorrer desta cerimónia. O valor global da obra é de 800.000 euros.

No seu discurso, a governante começaria por dizer que este é um momento importante para Valongo, e que a obra tem de ser feita atendendo às condições atuais em que os profissionais da PSP da sede do concelho trabalham. Olhando posteriormente para o panorama nacional, Isabel Oneto disse que o Governo tem consciência do estado em que as forças de segurança têm trabalhado, no que à falta de condições diz respeito. A secretária de Estado sublinhou nesse sentido que estão previstas 210 intervenções (em esquadras) em todo o país com vista à melhoria das condições de trabalho das forças de segurança. «Uma autêntica empreitada gigante», disse. Isabel Oneto abordou ainda a Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos das Forças e Serviços de Segurança do Ministério da Administração Interna, para dizer que em cada distrito e concelho estão já definidas, por parte do Governo, prioridades, não apenas no que toca às infraestruturas, como também ao nível de equipamentos de proteção individual, armamento, viaturas e de tecnologias de informação. Salientou ainda que apesar da falta de condições de trabalho das forças da autoridade, os índices de criminalidade no país têm vindo a baixar, «graças ao empenho das forças de segurança», referiu.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, frisou que com este ato de assinatura do Contrato de Cooperação Inter-administrativo se estava a corrigir um problema antigo, acrescentando que a atual esquadra de Valongo da PSP não permite que os profissionais desta força de autoridade desempenhem o seu trabalho de forma digna. A nova esquadra vai, de acordo com o autarca, conferir essa dignidade ao trabalho das forças da autoridade que na sua voz são fundamentais não só para garantir a lei, mas também para garantir um ambiente de confiança na comunidade. «Sem as forças da autoridade a vida das pessoas não era como é. Era pior!», disse o autarca que concluiu a sua intervenção dizendo que agora é pôr «mãos à obra».

Presente nesta cerimónia esteve também o Diretor Nacional Adjunto da PSP, José Ferreira de Oliveira, que se mostrou certo de que «as futuras instalações desta esquadra vão conferir melhor dignidade aos profissionais da PSP e que dessa forma vão poder prestar um melhor serviço à população de Valongo».

Por: MB

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.