Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-06-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-01-2014

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL

    Ermesinde 1936 perde liderança mas... nada que assuste

    Dois jogos menos conseguidos na última quinzena de janeiro afastaram o Ermesinde 1936 da liderança da Série 1 do Campeonato Distrital da 2ª Divisão. O último desses resultados menos positivos significou mesmo a segunda derrota da temporada para os pupilos de Jorge Lopes, averbada no passado domingo (26 de janeiro) no reduto do Marechal Gomes da Costa (MGC), por 3-2, em partida (na imagem) alusiva à 16ª ronda da competição, a primeira da segunda volta. Uma semana antes os ermesindistas tinham escorregado em casa do Medense, na sequência de uma igualdade a zero bolas. Perante isto a turma de Sonhos perdeu o primeiro posto da classificação para o Leça do Balio, somando 37 pontos, menos um do que o novo líder, mas ainda com quatro pontos de vantagem sobre o terceiro colocado (Mocidade Sangemil), por isso não há motivos para alarme entre as hostes verde-e-brancas.

    Foto LUÍS MACEDO
    Foto LUÍS MACEDO
    Um golo de Rui Alexandre em cima do apito final (aos 90 minutos) ofereceu os três pontos aos portuenses do MGC, que em casa emprestada – Complexo Desportivo do Bougadense, na Trofa – aplicaram a segunda derrota da temporada ao Ermesinde 1936. Fajó, aos 37 minutos, e Paulinho, ao minuto 53, foram os marcadores dos golos ermesindistas, num encontro onde a turma da nossa freguesia alinhou com: Teixeira; Fábio Davide, Folgosa, Pedro Castro, e Faria (Leça, 56); Marco, Fajó (Diogo Loureiro, 56), David, e Andrezinho; Paulinho, e Pinto. Treinador: Jorge Lopes.

    PRIMEIRO EMPATE DA ÉPOCA

    Uma semana antes (dia 19) a equipa da nossa freguesia cedeu o primeiro empate da temporada no campeonato. Facto ocorrido no reduto do Medense, em jogo referente à 15ª jornada o qual terminou então com um empate a duas bolas. O inevitável goleador Paulinho foi o herói da turma de Sonhos, sendo dele os dois tentos da equipa, aos 63 e 80 minutos, ambos na conversão de grandes penalidades. No Campo do Medense, em Gondomar, o Ermesinde 1936 alinhou com: Teixeira; Fábio Davide, Folgosa (Leça, 46), Pedro Castro, e Faria (Andrezinho, 46); Marco, Fajó, Serginho, e David (Amaro, 86); Paulinho, e Pinto (Pedro Assunção, 86). Treinador: Jorge Lopes.

    ADVERSÁRIO CONHECIDO NA TAÇA BRALI

    Entretanto, no dia 23 foram conhecidos os jogos dos quartos-de-final da Taça Brali da Associação de Futebol do Porto. A sorte – ou azar, isso é o que iremos ver – ditou que o Ermesinde 1936 vai receber o Leça, equipa esta que milita no escalão máximo da associação portuense, o mesmo é dizer a Divisão de Elite. O jogo será nos Sonhos, no dia 4 de março (terça-feira de Carnaval).

    Por: MB

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.