Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2023
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2012

    SECÇÃO: Saúde


    DIA MUNDIAL DA ESPIROMETRIA 2012

    Casos de morte por DPOC duplicam nos últimos 30 anos por falta de conhecimento

    foto
    Um estudo apresentado esta semana em Portugal pela Sociedade Portuguesa de Pneumologia, no âmbito do Dia Mundial da Espirometria, revela que é a falta de informação que constitui um dos principais fatores que justificam os elevados números de mortes por Doença Respiratória Crónica em todo o mundo. São cerca de quatro milhões as vítimas de doenças do foro respiratório como a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) que, em comparação com outras doenças graves, duplicou a sua taxa de mortalidade nos últimos trinta anos.

    Apesar da espirometria constituir um simples exame, não invasivo e que permite avaliar a capacidade respiratória e detetar doenças respiratórias como a asma e DPOC, num estado não avançado, um estudo agora divulgado pelo Forum of International Respiratory Societies (FIRS), revela que a maioria dos inquiridos (60%) nunca realizou o exame.

    Tendo em conta o desconhecimento geral da sociedade, não só em relação às doenças respiratórias como também aos efeitos benéficos da prática desportiva, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia, com o apoio de Aurora Cunha e Fernanda Ribeiro, juntou-se assim ao Forum of International Respiratory Societies (FIRS) e ao European Lung Foundation (ELF) para, em Lisboa, promover uma campanha de rastreios que visa não só chamar a atenção para os problemas respiratórios, como promover a prática desportiva e a sua importância para uma maior qualidade de vida.

    No ano em que se realizam os Jogos Olímpicos este é o tema que assinala o Dia Mundial da Espirometria em todo o mundo, e como tal o desporto foi uma das vertentes associadas a este estudo, que revelou que 80% dos inquiridos considera que as doenças pulmonares são um fator limitativo à prática desportiva. No entanto, a realidade é que a atividade física pode ajudar a gerir e melhorar os sintomas associados a algumas doenças respiratórias, como a falta de ar. Segundo Klaus Rabe, presidente da FIRS, «face às conquistas dos melhores atletas que se celebram em todo o mundo, consideramos que esta é uma boa oportunidade para promover a saúde pulmonar e a importância do exercício».

    “Ponha os seus pulmões à prova” é o desafio que a Sociedade Portuguesa de Pneumologia lança em Portugal no âmbito do Dia Mundial da Espirometria. Com o apoio de inúmeros atletas portugueses de alta competição, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia junta-se assim ao Forum of International Respiratory Societies (FIRS) e ao European Lung Foundation (ELF) para promover uma campanha de rastreios e de sensibilização na área das doenças respiratórias.

    Segundo Carlos Robalo Cordeiro, presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, «os problemas respiratórios constituem um dos principais entraves à qualidade de vida de todos nós. A SPP, enquanto sociedade científica, empenhada na promoção da Saúde Respiratória, acredita que o diagnóstico precoce é a melhor forma de combater problemas respiratórias como a DPOC, uma das patologias com maior prevalência em Portugal. Por se tratar de uma doença sub diagnosticada, cujos sintomas não são imediatamente visíveis, só através de campanhas de rastreio e de sensibilização será possível diagnosticar novos casos de DPOC e tratá-la antes da sua progressão».

    Doenças respiratórias como Asma, Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), Cancro do Pulmão, Infeções Respiratórias, Tuberculose, são, no seu conjunto, das principais causas de morte no mundo. Em Portugal, são já a quarta causa de mortalidade e afetam mais de 10% da população. São ainda responsáveis por mais de 80 mil internamentos por ano e 15 milhões de dias de baixa (enquanto os internamentos globais tem uma diminuição de 9%, os internamentos por doença respiratória tiveram um aumento relativo de 12% nos últimos anos).

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.