Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-07-2006

    SECÇÃO: Destaque


    FEIRA DO LIVRO DO CONCELHO DE VALONGO

    José Vaz

    Foto MANUEL VALDREZ
    Foto MANUEL VALDREZ
    Nascido em Avintes, Vila Nova de Gaia, l940, José Vaz foi actor e encenador de vários grupos de teatro não profissional. A sua obra, “Para Sonhar com Borboletas Azuis” foi distinguida pela “The Withe Ravens-87” – um prémio internacional destinado à literatura para a infância.

    Em 1989 , foi atribuído a “O Nó da Corda Amarela” o 1º Prémio de Literatura Infantil Cidade de Montijo e, em 1999 e 2001, as suas obras “Alzira, a Santa Suplente” e “A Máquina de Fazer Palavras” foram seleccionadas para as Olimpíadas da Leitura.

    Foi Presidente da Associação de Escritores de Gaia.

    Para além dos já referidos, é autor dos seguintes livros: “A Árvore de Papel”, “O Mandarim Fi-xú”, “Na Feira dos Malandrecos”, “As Lágrimas São Netas do Mar”, “O Chapéu de D. Cogumelo”, “Uma Flor com Asas”, “A Menina Que Tinha Cem Pés”, “O Sonho do Gafanhoto”, “Mala Diabo!”, “Avintes”, “Hoje É Natal”, “O Roubo da Roda Quadrada”, “Trabalha Crispim, Trabalha” e “Jacklavais Ataca à Sexta-feira”.

    É tardia a sua vocação como autor de textos para a infância, paixão que despertou nele aquando do Ano Internacional da Criança. Tem do texto para a infância a ideia de que deve ser, também didáctico. Além da literatura para a infância, é autor de uma produção historiográfica da vida local da terra em que nasceu, um caso paradigmático em Portugal.

    Avintes tinha, nos anos 40, 13 grupos de teatro!

    Por: AVE

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.